Unidades de Saúde da Família promovem Dia D de conscientização sobre o câncer de cabeça e pescoço, reforçando a importância da prevenção e do diagnóstico precoce

No último sábado, 6 de julho, a Prefeitura de Gaspar, através da Secretaria de Saúde, conduziu uma significativa ação de saúde preventiva como parte da campanha Julho Verde. Durante o Dia D da campanha, as Unidades de Saúde da Família estiveram abertas das 8h às 16h, oferecendo diversos serviços de promoção e prevenção da saúde, com um foco especial na conscientização sobre o câncer de cabeça e pescoço. A iniciativa resultou em um total de 1.539 procedimentos realizados.

Entre as atividades do dia, foram contabilizadas 142 consultas médicas, 96 consultas de enfermagem, 54 exames preventivos de câncer de colo de útero, 737 procedimentos de enfermagem, 139 doses de vacinas aplicadas, 110 consultas odontológicas, 250 procedimentos odontológicos, além de 10 encaminhamentos para biópsias no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) e um encaminhamento para dermatologista por suspeita de câncer de pele. Também foram realizadas atividades coletivas de orientação e procedimentos em grupo, que contaram com a participação de 107 usuários.

O Julho Verde é uma campanha nacional de combate ao câncer de cabeça e pescoço, e a ação em Gaspar é parte deste esforço para alertar a população sobre a importância da detecção precoce e dos cuidados preventivos. Durante o mês, diversas atividades de conscientização serão realizadas em diferentes unidades de saúde do município.

Participaram do Dia D as seguintes Unidades de Saúde da Família: ESF Santa Terezinha, ESF Belchior, ESF Poço Grande, ESF Sete de Setembro, ESF Margem Esquerda I, ESF Margem Esquerda II, ESF Centro, ESF Gasparinho Quadro, ESF Figueira, ESF Bela Vista e ESF Barracão.

O câncer de cabeça e pescoço engloba diversos tipos de tumores que afetam áreas como boca, língua, lábios, palato, gengivas, bochechas, amígdalas, faringe, laringe, esôfago, tireoide, seios paranasais e pele. Com cerca de 43 mil novos casos diagnosticados anualmente no Brasil, é considerado um problema de saúde pública. A detecção precoce é crucial, pois cerca de 75% dos casos são identificados em estágios avançados, reduzindo significativamente as chances de cura.

A campanha Julho Verde visa justamente aumentar a conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce, fundamentais para elevar as chances de sucesso no tratamento e reduzir a mortalidade associada à doença.