Poetizando a Vida
COLUNA
Por Júlio Cesar Bridon

POETIZANDO A VIDA

Paredes Escuras

Apagam-se as luzes

a escuridão toma conta

de todo o espaço

pouco preenchido

de um lar abandonado

e esquecido

jogado à própria sorte.

Sem luzes ofuscantes

sem velas acesas

sem doces, brinquedos,

alegria e felicidade.

Paredes escuras

choro chorado, minguado

carente de carinhos

soluços trancados

gargantas apertadas

gelando os corações endurecidos

daqueles que apenas esperam

pela esperança

que lhes trará uma "luz"

que os guiará

pelas estradas da vida

em busca da felicidade eterna.

.JC Bridon

O poeta e escritor Júlio César Bridon é um dos ícones da literatura gasparense. Ele é autor de várias obras já publicadas: Casa do Anjo; Poetizando - Amor Sonho e Poesia; Momentos de Reflexão; Caminhos da Paz; Coração - A Porta da Compreensão e Por quê?. Seus versos também estão em várias coletâneas.

LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

rede facebook | rede twitter | rede instagram | nosso whatsapp | nosso youtube

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 | logo facebooklogo twitterlogo instagramlogo whatsapplogo youtube