| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

rotary.jpg
ESPAÇO DO
Confira aqui as últimas notícias

VALE A PENA SER ROTARIANO


Pertencer ao Rotary significa assumir compromissos especiais

Embora pareça banal, simples e até inusitada, essa pergunta tem objetivos específicos determinados: provocar uma auto-reflexão e a conseqüente avaliação das razões, pelas quais, fomos escolhidos e integrados a este extraordinário movimento rotário internacional.

Identificar que virtudes nos credenciaram para merecermos esta honrosa oportunidade de colocarmos o vigor de nosso ideal a serviço da humanidade.

Procurar descobrir se somos, realmente, merecedores de integrar este movimento nacional e internacional que se propõe lutar pela conquista de uma humanidade mais feliz, libertada das mazelas e das injustiças, provocadas pela falta de sensibilidade humana dos indiferentes e dos acomodados.

Esmiuçando o tema ora proposto, chegaremos, com certeza, à afirmação positiva de que, realmente, "Vale a pena ser rotariano".

Para sustentar o apoio e justificar esta afirmação positiva, é importante lembrar, primeiramente, que ninguém vem ao Rotary por si só; que o sócio não se escolhe, é escolhido.

 Que as normas rotárias assim o exigem; que é necessário, em síntese, um convite, a comprovação de suas virtudes e qualidades; o reconhecimento de sua conduta moral, social e profissional.

A confiança em sua capacidade e honradez pois, ao final de todas as investigações, a votação e aprovação de seu nome pela maioria absoluta dos companheiros do clube rotário.

Se o companheiro foi escolhido e convocado, reafirmo, é por que teve reconhecida a sua capacidade. É porque seus ideais éticos e profissionais foram considerados capazes de prestar bons serviços à comunidade.

Então companheiros, que honra maior pode merecer um cidadão, do que a de ser convocado, pelos seus méritos, para tão nobres e grandiosas tarefas?

Reconheço que para assegurar a integração duradoura dos nossos companheiros ao clube é necessária uma verdadeira conscientização rotária, principalmente dos novos companheiros, para que se certifiquem de que, realmente, "Vale a pena ser rotariano."

Creio que é básico e necessário que ele conheça e seja motivado para gostar, pois como todos nós sabemos é difícil, se não impossível, amar o que não se conhece.

    Lembrem-se, companheiros, que a nossa missão é esta também: procurar a luz que ilumine os caminhos da humanidade para que ela se liberte das desumanas, chocantes e terríveis desigualdades.

Ao finalizar renovo a minha pergunta inicial - Afinal, Vale a pena ser rotariano?

 A melhor resposta vem nas palavras sábias do iluminado poeta lusitano Fernando Pessoa: "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena."

Comp. Jorge da Silva Pimenta - Brasil Rotário - 2007

VENHA COMPARTILHAR O NOSSO TRABALHO

Reuniões todas as terças-feiras, às 20 horas no Rau ls Hotel

Acesse www.rotarygaspar.org.br