| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

Chevrolet renova Equinox no Brasil

Atrasado inclusive nos Estados Unidos, devido à pandemia, o reestilizado Equinox enfim desembarca no Brasil, após quase dois anos do previsto originalmente. Como novidades principais, o SUV traz uma grande reforma na dianteira, adotando faróis "divididos" e redesenho em grade, grelhas, tomada de ar, para-choque e luzes de neblina. Mudam também as rodas e a distribuição interna das lanternas. O modelo desembarca nas versões RS, mais em conta, e Premier, esta última garantindo itens como teto solar panorâmico, aparelho de som Bose e abertura e fechamento do porta-malas por sensor. O motor é sempre o 1.5 Turbo a gasolina de 172 cv, com câmbio automático de seis marchas.

Peugeot lança "clone" do Fiorino

A Peugeot oficializou a chegada do Partner Rapid ao mercado brasileiro. Trata-se nada mais do que um "clone" do Fiat Fiorino, trocando apenas grade e para-choque dianteiro, além de emblemas, logotipos e o protetor lateral da carroceria. Ele tem motor 1.4 8v Fire de 84/86 cv, com câmbio manual de cinco marchas, e transporta até 650 kg de carga e 3,3 metros cúbicos de volume, como o irmão italiano. Muito comum na Europa entre utilitários, o "rebadge" de veículos foi visto no Brasil, por muito tempo, justamente com as duas marcas aqui protagonistas. A Fiat produzia o Ducato e também o Peugeot Boxer e o Citroën Jumper em Sete Lagoas (MG). 



VEJA MAIS DA COLUNA