| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

Os 4 Patetas


Claro que quando pensei em elaborar esta crítica, pensei logo nos 3 Patetas, do tempo do cinema mudo. Recentemente, o Telecine apresentou uma versão atual colorida com as 3 atrapalhadas contínuas. O mais velho trio a toda hora socava seus 2 companheiros. Paneladas e marteladas na cabeça eram repetidamente filmadas. Na versão atual, a semgracice dos 3 Patetas, utilizando atores parecidos com os originais implora sorrisos e risadas.

Nesse domingo, 22 de agosto, ao amanhecer, curti uma adaptação modernizada de Os 3 Mosqueteiros. Em preto-e-branco, o filme, renovado em 2003, mantém as falas dos personagens após as cenas. A maioria de duelos. Mas como espadachins os protetores da guarda imperial D´Artagnan se une às personagens de Athos, Aramis e porthos. São 4 portanto! Defendem com empenho, na maior galhofice, o rei Luís XIII do cardeal Richilieu, conselheiro e inimigo do rei.

Embora passado em épocas distantes, este filme mostra o uso do telefone, da máquina de escrever e outros inventos que só viriam a ser criados tempos depois.

A obra - romance de Alexandre Dumas tem sido filmada e refilmada uma enormidade, e inclusive virou desenho animado.

Aposentado e beirando os oitent´anos, a minha maior ocupação, além de leituras, é assistir à horrível programação de nossas emissoras. São raras as exceções, ou seja, apresentar filmes bons, digeríveis. Imperam os socos,a violência, cotoveladas, punhaladas, tiroteios e muita violência.

Parece que não existe mais o lirismo que pontuavam os filmes antigos e alguns atuais.

O autor de diversos romances de aventuras, Alexandre Dumas, teria toda a sua obra transposta para as telas de cinema de todo o mundo. O Conde de Monte Cristo é talvez sua

obra mais conhecida

Política: Não passa um dia em que as atitudes do presidente Jair Bolsonaro deixam os espectadores de queixo caído. Ora investe contra o Supremo Tribunal, ora mostra-se indeciso quanto à eficácia das vacinas que procedem de vários países. Quer ser popular na marra. Isso é demonstrado pelas visitas que faz a várias cidades do país.

Como Lula lidera de longe as pesquisas há quem já arrisque o palpite: Caso o ex-presidente, ladrão de marca maior, ganhe, o Exército Nacional vai tomar as decisões. Não baixemos a guarda, expressão que é usada na publicidade na TV das Pastilhas Valda. Indicada para gripes e dores de garganta, leva-me aos tempos de criança. O produto é mais que centenário.



VEJA MAIS DA COLUNA