| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
Beto.png
COLUNA
Por José Roberto Deschamps | beto@jornalmetas.com.br

Recomendado por Guedes


Senador Jorginho Mello (E) e o ministro Paulo Guedes

O Senador catarinense, Jorginho Melo (PL), declarado pré-candidato ao governo de Santa Catarina nas próximas eleições, se movimenta forte e vem pavimentando sua candidatura com a participação efetiva em eventos e ações do seu metiê político. Ele deixa bem explícito o seu posicionamento em defesa do governo do presidente Jair Bolsonaro, do qual diz que terá o apoio pra sua candidata se vier a se concretizar. No dia 1º de outubro, o ministro da economia, Paulo Guedes, participou por videoconferência de um evento na Fiesc, em Florianópolis, e falou sobre os mil dias do governo Bolsonaro. Na oportunidade, o ministro reforçou o nome do senador Jorginho Mello para a disputa do governo do estado em 2022. "Jorginho Mello é um grande lutador por Santa Catarina, ele que fez o Pronampe conosco e todo dia batalha pelos programas de crédito e pelo bem do Brasil", afirmou na ocasião Guedes.


Vale Refeição...


Referente o polêmico Projeto de Lei, 83/2021, de autoria da mesa diretora da Câmara de Vereadores, o Diretório do PT de Gaspar publicou no início da tarde de segunda-feira (11), em seu site uma Nota de Repúdio às declarações dos vereadores Francisco Solano Anhaia (MDB) - presidente da Casa e Cleverson dos Santos (PP) - segundo secretário, feitas nas mídias sociais, nominando-as como falsas. O gasparense, vereador Dionísio Bertoldi, do Partido dos Trabalhadores, foi o único a se manifestar contra a criação de auxílio-alimentação de R$ 450,00 aos nobres edis, que se quer tem carga horária a cumprir. A nota diz; "o PT repudia as declarações dos vereadores, que faltaram com a verdade e agiram de modo incompatível com a dignidade da importante função pública que exercem. É preciso reforçar que o PT foi o primeiro e único partido a se manifestar institucionalmente contra o Projeto de Lei. E assim o fez pela clareza do absurdo que seria criar um auxílio-alimentação aos vereadores enquanto milhões de famílias brasileiras sofrem todos os dias com uma das maiores crises econômicas e sanitárias da história do país. O PT entendeu que a constitucionalidade e legalidade do Projeto não eram os pontos mais relevantes neste caso específico. O mais importante era que independentemente de ser constitucional e legal, o Projeto era absolutamente imoral e vergonhoso. Seria uma verdadeira piada com o povo brasileiro pagar R$ 450,00 reais mensais aos vereadores, cujo provento mensal chega a R$ 6.122,94, ...", diz, parte do texto, assinado pelo residente do PT de Gaspar, Doraci Vanz.


SC é destaque

Quando falamos que Santa Catarina se destaca sobre outros estados brasileiros não é por acaso. Nosso estado economicamente apresenta números bastante positivos. A economia catarinense é muito diversificada e está organizada em vários polos distribuídos por diferentes regiões do Estado. A Grande Florianópolis destaca-se nos setores de tecnologia, turismo, serviços e construção civil. O Norte é polo tecnológico, moveleiro e metal-mecânico. O Oeste concentra atividades de produção alimentar e de móveis. O Planalto Serrano tem a indústria de papel, celulose e da madeira. O Sul destaca-se pelos segmentos do vestuário, plásticos descartáveis, carbonífero e cerâmico. No Vale do Itajaí, predomina a indústria têxtil e do vestuário, naval e de tecnologia. O turismo é outro ponto forte da nossa economia.


SC é destaque - 2

O indicador da continuidade do crescimento econômico, o número de abertura de empresas em Santa Catarina vem aumentando de maneira constante ao longo deste ano. O Estado registrou um saldo de 110.946 novos negócios no período que corresponde de 1º de janeiro a 30 de setembro deste ano, segundo dados apresentados pela Junta Comercial de Santa Catarina na última segunda-feira (11). O número, que é resultado de 161.688 constituições e 50.742 baixas, representa um crescimento de 29,62% em comparação a 2020, uma vez que, no mesmo período do ano passado, Santa Catarina contou com um saldo positivo de 85.589 registros mercantis. Já em relação a 2019, a alta é de 49,62% (74.149). "A recuperação econômica do estado, diferenciada em relação ao restante do país, está proporcionando um ambiente de negócios favorável aos empreendedores. Hoje, podemos dizer que há confiança do empreendedor na retomada da economia que estamos vivendo em Santa Catarina", explicou o governador Carlos Moisés. Atualmente, Santa Catarina possui atualmente 1.070.171 empresas ativas.


Em Brasília


O deputado estadual, Laércio Schuster embarca nesta quarta-feira (13) para Brasília. Entre outros compromissos, ele tem agenda no Ministério da Saúde e na Defesa Civil Nacional. No Ministério da Saúde, Laércio vai tratar dos leitos de UTI no Médio Vale destinados exclusivamente para o tratamento da Covid-19. Seu questionamento se dará sobre o destino destes leitos depois da pandemia. Laércio destaca que a instalação das UTIs em Gaspar e Indaial teve auxílio decisivo dele que, no começo da pandemia, conseguiu 10 respiradores para o Hospital Beatriz Ramos (Indaial) e outros 10 para Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Gaspar) instalarem suas UTIs para Covid-19. Na época, os investimentos somaram R$ 1,2 milhão. O deputado também aproveita a viagem à capital federal para falar com parlamentares da bancada catarinense em Brasília.



VEJA MAIS DA COLUNA

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |