| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
Beto.png
COLUNA
Por José Roberto Deschamps | beto@jornalmetas.com.br

Dia de Fúria


Homem quebrou todo o veículo antes de ser guinchado

Um sujeito simplesmente teve o seu Dia de Fúria. Ao ser abordado pela Guarda Municipal de Trânsito de na segunda-feira (10) na Itoupava Central, em Blumenau, verificou-se que o veículo possuía pendências com relação à documentação. Irritado, o homem pegou um machado e começou a quebrar o veículo sob os olhares dos guardas e de pessoas que passavam pelo local. Evidente que alguém filmou tudo e o vídeo tá circulando nas redes sociais. 


Apreensão

Outra história curiosa envolvendo agentes de trânsito aconteceu na cidade de Itapoá, no nordeste do Estado. Um mini-fusca acabou apreendido pela Polícia Militar porque estava circulando em via pública sem a devida numeração, placa ou chassi. Quem pilotava o mini-fusca era uma menina de 7 anos. Foi preciso que a família acionasse um advogado para conseguir a liberação do veículo dez dias depois de ser levado para o pátio do Detran. De acordo com o G1, o advogado sustentou que o mini-veículo poderia ser enquadrado como carga e não veículo circular. A menina, que havia ficado muito triste, acabou ganhando da Polícia Militar o leãozinho do Proerd.



Números

O Governo do Estado informou que há um total de 1.271.091 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus em Santa Catarina, sendo que 1.225.327 se recuperaram e 25.529 estão em acompanhamento. O balanço foi divulgado nesta terça-feira (11). A Covid-19 causou 20.235 óbitos no estado desde o início da pandemia. A taxa de letalidade é de 1,59%. Há 8 óbitos a mais em comparação com a última atualização diária. A quantidade de casos confirmados subiu 6.298 e outras 1.200 pessoas passaram a ser consideradas recuperadas, segundo estimativa do Governo do Estado. Registrou-se uma alta de 5.090 no número de casos ativos.


Samu

Ao todo, neste início de ano, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência contabiliza 6.192 ocorrências atendidas. O relatório foi disponibilizado pela Secretaria da Saúde, nesta segunda-feira, 10 de janeiro, e analisa dados como tempo resposta, atendimentos com envio de ambulância, com orientação médica, causas e faixa etária dos pacientes. As regiões com mais atendimentos foram Florianópolis, Joinville e Criciúma, respectivamente. De acordo com os dados, o tempo resposta médio das Unidades de Suporte Avançado (USA) tem sido cerca de cinco minutos, em caso de código vermelho. O chamado código vermelho é a gravidade da ocorrência, que é o maior risco de morte. Ele é gerado pelo médico regulador, na Central de Regulação, após a ligação ao 192.


Veto

Naatz promete voltar ao assunto

O deputado Ivan Naatz disse que houve uma decisão equivocada do governador Moisés ao vetar o seu Projeto de Lei que reduzia o ICMS a bares e restaurantes. Segundo ele, com base em informações da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), sete em cada dez restaurantes estão endividados. Antes da pandemia, o setor contava com aproximadamente 15 mil estabelecimentos em "Santa Catarina" e 100 mil empregos gerados diretamente. Porém, mais de 30% dos restaurantes fecharam as portas e no auge da pandemia 40% dos trabalhadores foram demitidos. 



VEJA MAIS DA COLUNA

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |