| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
Beto.png
COLUNA
Por José Roberto Deschamps | beto@jornalmetas.com.br

Coluna Pimenta 'Representando o governador'


Foto: Divulgação/Advogado Márcio Bueno, Tenente Coronel Pimentel, Delegado Paulo Koerich, Delegado Morbini, Delegado Albert e Delegado Casa Grande

O gasparense, Delegado Geral da Polícia Civil, Dr. Paulo Koerich, representou o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, na solenidade de entrega dos equipamentos, adquiridos pelo municípios participantes do CIS - Amosc, para utilização nas atividades de resgate aero médico desenvolvidas pelo SAER/FRON e pelo SARA, no valor de R$ 77,500. O evento foi realizado na quinta-feira (11), na Base do SAER/FRON, em Chapecó, Oeste do Estado. Participaram, juntamente com Koerich, o delegado Albert do SAER/FRON, delegados regionais, autoridades militares, prefeitos, vereadores e demais lideranças da região Oeste.


Pautas prioritárias

O governador Carlos Moisés, junto com demais integrantes do Fórum de Governadores, participou de reunião virtual com os novos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. O encontro aconteceu na manhã de sexta-feira, (12) e abriu o diálogo sobre a agenda prioritária dos chefes de estado no Parlamento. Em seu pronunciamento, o governador reforçou a necessidade de imunização da população contra a Covid-19. Disse; "é a nossa principal bandeira, precisamos sair da pandemia, através da vacina, para depois resgatarmos a normalidade das atividades do dia a dia das pessoas". Moises defende ainda a aquisição pela indústria com o compromisso de imunizar seu público-alvo, que são os trabalhadores. 


"Furar a fila"

O deputado estadual Ivan Naatz , líder da bancada do PL na ALESC, protocolou projeto de lei prevendo sanções para quem receber vacina descumprindo, de qualquer modo, a ordem de vacinação contra o Covid- 19 estabelecida pelo poder público na atual situação de emergência nacional de saúde pública devido à pandemia. Entre as principais sanções e penalidades para quem, comprovadamente , "furar a fila " de vacinação estão a impossibilidade de receber uma segunda dose da vacina antes da ordem estabelecida; a proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos ;a proibição de ingressar em cargo, emprego ou função pública também por cinco anos, além de multa tanto para o beneficiado como para quem facilitou a irregularidade. E se o infrator for funcionário público sofrerá também processo administrativo.


Protesto

O popular Luciano Hang, proprietário da Rede de lojas Havan, com 155 megalojas presentes em 17 estados brasileiros, que conta com mais de 20 mil colaboradores e considerada no Great Place to Work (GPTW), divulgado no último dia 4, uma das 10 melhores empresas para se trabalhar no Brasil, participou na sexta-feira(12) de uma manifestação, em Bauru (SP), organizada pelo Sincomercio, em favor da abertura do comércio e por mais leitos nas enfermarias e UTIs. O protesto com o slogon"Acorda São Paulo. O povo unido jamais será vencido." A frase é antiga, mas se fez atual, diz Luciano, destacando; "Estamos lutando pelo direito de trabalhar. É um absurdo o que estão fazendo no Estado de São Paulo. O povo não aguenta mais ver seus empregos e suas vidas serem destruídas por medidas que não surtem efeito no combate ao coronavírus", enfatizou o empresário.


VEJA MAIS DA COLUNA

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |