| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
Beto.png
COLUNA
Por José Roberto Deschamps | beto@jornalmetas.com.br

Câmara 74 anos

Por Alexandre Melo (Interino)


A Câmara de Vereadores de Gaspar completou 74 anos de história nesta segunda-feira (20). Em 19 legislaturas, mais de 180 parlamentares já passaram pela Casa de Leis. A instalação da Câmara Municipal ocorreu 13 anos após a emancipação do município. À época, ao lado dos vereadores eleitos, o juiz eleitoral Oscar Leitão, da 3ª zona eleitoral de Blumenau, conduziu o ato de instalação da Câmara, que funcionava em uma sala do prédio da Prefeitura. A atual legislatura já registrou momentos históricos, como a eleição da primeira presidente mulher. A partir de 2022, Franciele Back vai comandar os trabalhos administrativos e legislativos da Câmara. Mara da Saúde foi também a primeira mulher negra a ser eleita vereadora em Gaspar e Amauri Bornhausen (PDT), o primeiro vereador cadeirante. 


Verão Mais Seguro

O Governo do Estado lanço esta semana o "Verão Mais Seguro". De acordo com informações da Secom, uma força-tarefa foi lançada que vai mobilizar 20 órgãos do Estado e conta com investimentos que superam os R$ 100 milhões, além dos já realizados ao longo do ano para reforçar áreas como a segurança pública, abastecimento de água, energia elétrica, saúde e promoção do turismo. Vamos aguardar, pois ainda acho que se fez pouco diante dos sinais de que teremos uma das mais movimentadas temporadas de verão dos últimos anos. 


Comissionado

A minreforma do Governo do Estado prevê a criação de 100 cargos comissionados, com impacto orçamentário superior a R$ 16 milhões aos cofres estaduais. Os cargos são para auditor estadual de finanças públicas na Secretaria de Estado da Fazenda (SEF). Parte destes cargos serão ocupados por contadores e analistas da própria Secretaria, ou seja, sem concurso público. A medida foi considerada ilegal por deputados que votaram contra o PLC, como Bruno Souza (Novo), Luciane Carminatti (PT) e Sargento Lima (PL). Eles a classificaram como imoral e vergonhosa.


Pegou mal...

... a derubada do veto presidencial ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha Eleitoral, o chamado Fundão, aquele que os partidos olíticos fazem campanha eleitoral com o meu e o seu dinheiro. O presidente Jair Bolsonaro (PL) tentou barrar a turbinada de 200% proposto pelo Congresso para o Orçamento da União no ano eleitoral de 2022. Os deputados e senadores, porém, derrubaram o veto presidencial por esmagadora maioria. Na Câmara dos Deputados foram 317 votos a favor e 146 contra. Já no Senado, 53 votos a favor da derrubada e apenas 16 contra. Para se ter ideia, os cerca de R$ 2 bilhões de 2018 vão se transformar em R$ 5,7 bilhões em 2022. Uma vergonha, um escárnio! A bancada catarinense, no entanto, foi na contramão e apenas seis deputados votaram a favor do Fundão, ou seja, pela derrubada do vet. Anote aí os nomes para não esqueçer em outubro de 2022: Angela Amin (PP), Carlos Chiodini (MDB), Celso Maldaner (MDB), Darci de Matos (PSD), Fábio Schiochet (PSL) e Pedro Uczai (PT). Outros dois deputados se abstiveram de votar, mas deveriam ter votado: Hélio Costa (Republicanos) e Carlos Peninha Mendonça (MDB). A Acig emitiu uma nota de repúdio condenando a aprovação do aumento do Fundão. A matéria está na página seguinte desta edição. "É inconcebível que, em meio a uma das maiores crises econômicas que o país enfrenta, nossos representantes ajam com total desprezo e desrespeito à população, para manter um orçamento de R$ 5,7 bilhões para o financiamento de campanhas", diz a nota.


Crime sexual

Circulou e viralizou na internet, o vídeo, publicado pelo Jornal Metas na manhã desta terça-feira (21), de um homem cometendo o crime de importunação sexual em plena luz do dia na principal rua da cidade. O homem, que é dependente químico, depois de passar a mão no corpo da mulher ainda tenta agredi-la. Cometários de internautas na rede social do Jornal Metas dão conta de que o indivíduo vem aprontando, há várias semanas, no Centro da cidade. Tem que dar um basta nisto. É um desequilibrado, não pode andar solto por aí. A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar os fatos


Desligou tudo

Depois da informação, publicada na coluna anterior, a Ditran e a empresa responsável pelas lombadas eletrônicas na cidade desligaram os equipamentos em definitivo na Ivo Silveira, Rua Itajaí, Nereu Ramos e Anfilóquio Nunes Pires. Deve ter expirado o contrato, mas elas voltam em 2022.



VEJA MAIS DA COLUNA

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |