| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
Talento.

Jovens levam arte à biblioteca de Ilhota

Três artistas mirins estão com trabalhos expostos no Casarão Belga até quinta-feira (9)







Até quinta-feira, dia 9, os ilhotenses vão poder prestigiar uma exposição para lá de especial na Biblioteca Pública Municipal Alice F. Bittencourt, localizada no recém-reformado Casarão Belga. As obras que compõe a mostra fazem parte do projeto "Arte para todos... Artista Mirim", desenvolvido pela artista plástica Vanessa da Silva Simon, que é também a coordenadora da biblioteca. "O objetivo é despertar outras crianças para o dom da arte", explica Vanessa, que há 25 anos trabalha no município. Ela lembra que na biblioteca tudo é arte: "A literatura, a poesia, a música, o teatro, o desenho...".

Vanessa conta que o dom artístico de uma jovem frequentadora da biblioteca, Maria Clara Dalmolin, é que a levou a desenvolver o projeto. "Eu sempre alimentei o desejo de um dia fazer uma exposição dos trabalhos da Maria Clara, e durante a exposição de uma artista plástica de Camboriú, aqui no Casarão Belga, os familiares de duas meninas, Amanda Junklauss e Julia Schwambach, se interessaram em promover uma exposição dos trabalhos das suas filhas". Vanessa aproveitou e juntou as obras das duas artistas mirins, que são pinturas em tela, com os desenhos em grafite, aquarela e nanquim de Maria Clara.

A coordenadora observa que as grandes exposições de artes visam informar e construir conhecimentos de forma didática e apropriada para a maior parte de seu público. "Além disso, elas despertam o interesse por novas experiências", acrescenta. O projeto Arte para todos... Artista Mirim, reforça Vanessa, "visa ainda criar o olhar crítico e sensível, além de desenvolver o gosto pela arte, explorando as possibilidades de expressão e interpretação da diversidade cultural como uma forma de ver, viver e conviver com a arte".

Dessa forma, o projeto, que começou a ser desenvolvido em maio, tem o objetivo oferecer para crianças e jovens a oportunidade de exibirem suas obras em um local público, valorizando o potencial criativo e construindo saberes movidos pelas afinidades, além de oportunizar o acesso à arte e apresentá-la como sendo uma fonte de cultura e agente transmissor de conhecimento

Vanessa se diz muito contente em poder levar adiante o seu projeto e despertar na comunidade a sensibilidade para a arte. A ideia agora é organizar outras exposições com artistas mirins de Ilhota. A boa notícia é que os trabalhos de Maria Clara, Amanda e Júlia vão continuar sendo mostrados na exposição que será levada para a cidade de Camboriú, a pedido da artista plástica Miriam Rocha. 



LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |