| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
AOS OLHOS DE DUDA

Duda vai precisar de mais R$ 15 mil para quarentena na Tailândia

Família não tem o dinheiro e vai promover uma macarronada beneficente

Se você pensa que o drama da jovem Maria Eduarda Gonçalves e da família, moradores da cidade de Gaspar, acabou está enganado. No começo deste ano surgiu mais uma dificuldade para a viagem que pode mudar a vida da menina de apenas 11 anos. O problema agora é a quarentena que ela, a mãe e a tia vão precisar fazer no país em função do aumento do número de casos de Covid-19 no mundo. "Fomos pegos de surpresa com essa nova variante, as regras estão mudando de novo e iremos precisar fazer uma quarentena de 7 dias lá na Tailândia antes de iniciar o tratamento. E com dias a mais vem os gastos e não temos dinheiro suficiente pra custear esses 7 dias de quarentena, alterar as datas dos voos e o seguro viagem que vão custar em média R$15 mil reais", escreveu a mãe de Duda, Taynara Cristina Bruno na página do Facebook "Aos Olhos de Duda". Ela fez um apelo emocionante: "Venho aqui mais uma vez pedir a ajuda de todos vocês, pedir para que vocês não soltem a mão da Duda neste momento, porque agora falta pouco e ela está contando os dias assim como a gente também está". 

Para arrecadar os R$ 15 mi excedentes, a família decidiu promover uma macarronada no dia 5 de fevereiro, na Capela da igreja Santa Terezinha. Os cartões podem ser comprados pela rede social Instagram ou whatsAPP ou ainda no local da macarronada ao custo de R$ 30,00 (buffet e para viagem). Os telefones para compra são (47) 999056792 e (47) 88447-2844

Duda, como é conhecida, está com passagem marcada para a Tailândia para o dia 21 de fevereiro. É no país asiático que ela pode encontrar tratamento para uma doença rara e degenerativa, que afeta a sua visão desde bebê: Hipoplasia de Nervo Óptico Bilateral e Nistagmo.

Orçada inicialmente em R$ 180 mil, incluindo tratamento, passagens aéreas, estadia e alimentação para 30 dias, a despesa acabou aumentando para R$ 200 mil em função da alta do dólar. Com mais sete dias, a conta vai chegar a R$ 215 mil. Por meio de uma campanha "Aos Olhos de Duda", que teve vakinha online, lives, feijoada e outras ações, a família conseguiu reunir R$ 198 mil, suficientes para bancar a cirurgia e as despesas. "Tudo que foi arrecadado foi gasto, a última quantia que tinha no banco tivemos que pagar para alterar as datas dos voos em função da pandemia", contou a tia de Duda, Mayara Andreza Bruno, que irá acompanhar Duda e a mãe na viagem. Segundo ela, a expectativa de todos é muito grande e, a princípio a viagem está confirmada, porém, tudo depende do Governo da Tailândia autorizar o ingresso no país.

A doença.

 Duda foi diagnosticada, ainda bebê, com uma anomalia conhecida por hipoplastia. Trata-se de uma doença ocular rara que causa a má-formação dos nervos ópticos. Com cinco anos, ela passou a ter nistagmos (oscilações rítmicas, repetidas e involuntárias dos olhos - os conhecidos tremores). Além disso, a menina sofre com dores de cabeça constantes, porém, a perda da visão estacionou. Mesmo assim, a família corre contra o tempo para realizar logo a cirurgia, que está marcado para fevereiro.

Gastos com o tratamento e viagem já pagos

Tratamento pago R$ 149.758,93?

Passagens pagas R$17.681,03 ?

Seguro viagem pago R$2.900 ?

Compra dos dólares R$29.800 ?

(5 mil USD - alimentação e despesas)   




LEIA TAMBÉM