| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
Aprovado!

Comissão aprova Gaspar como Capital Nacional da Moda Infantil

Agora, projeto segue para o Senado para tramitações legais e, depois, para sanção do presidente.


Divulgação/


A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou, nesta quarta-feira, dia 15, o Projeto de Lei que torna Gaspar a Capital Nacional da Moda Infantil. Agora, segue para o Senado Federal e, depois, para sanção presidencial.

Gaspar já é, oficialmente, a Capital Catarinense da Moda Infantil, mas o título nacional garante o reconhecimento oficial à cidade.

Uma comitiva de Gaspar, composta pelo prefeito Kleber Wan-Dall, o vice-prefeito Marcelo Brick e empresários do setor têxtil da cidade, está em Brasília e acompanhou a votação.

O Jornal Metas conversou ao vivo com o prefeito de Gaspar pelo Instagram. Ele destacou que o título vai fortalecer ainda mais o setor, que movimenta cerca de 60% da economia da cidade e que novos projetos já estão surgindo.

"É um projeto de lei que vai dar um holofote pra aquilo que nós já somos. Nós já somos, na prática, a capital nacional da moda infantil. Já está em andamento uma conversa dos empresários com o objetivo de viabilizar um centro de compras do ramo têxtil do município. É uma iniciativa privada, mas cabe ao poder público apoiar e incentivar. Mas, sem dúvida nenhuma, vai fortalecer ainda mais o setor, especialmente na questão do varejo. O objetivo nosso é estimular o setor, o comércio varejista na nossa cidade também".

O conselheiro do DEL (Desenvolvimento Econômico Local) e Coordenador da Câmara Têxtil de Gaspar, Douglas Junkes destacou o trabalho realizado desde 2018, com o levantamento das características do setor têxtil do município. "É momento de nós nos unirmos, o empresariado divulgar nas suas mídias, nos seus materiais que vai para todo o Brasil: Gaspar, capital nacional da moda infantil. Agora nós temos que agregar valor".

O vice-prefeito, Marcelo Brick, destacou a ação dos parlamentares catarinenses de trazerem a PL para o início da sessão. Além disso, ele ressaltou o momento histórico. "Hoje foi um momento histórico pra nossa cidade, consolidou tudo aquilo que a gente já sabia".

O presidente da Acig, Edemar Ênio Wieser, ressaltou a parceria entre poder público e a associação empresarial. "Momento de muito orgulho pra Gaspar. As falas do prefeito e do vice Marcelo Brick foram muito importantes para os nossos empresários. Pra mim é uma honra muito forte estar aqui e dizer para todos os nossos empresários que com a representatividade e o associativismo junto ao poder público, a gente consegue ter mais força pra alcançar nossos objetivos".

Para o empresário Roberto de Souza, proprietário da Rolú, Gaspar é merecedora do título. "É um orgulho pra cidade, Gaspar tá feliz com isso e merece porque há uma constante busca pela qualidade. O empresário de Gaspar é dedicado, comprometido e tem toda e equipe que trabalha em prol. Os colaboradores sempre se dedicam. É um momento histórico. Agente tem agora um compromisso maior de alimentar e expor com toda a expectativa do mercado, visto que com o reconhecimento nacionalmente virá uma demanda maior".



Números da indústria têxtil gasparense

A indústria têxtil de Gaspar emprega cerca de oito mil colaboradores de forma direta e é responsável por quase 30% do PIB do município. Ao todo, são aproximadamente 870 empresas de confecção; 480 facções; e 85 tinturarias, fiações, tecelagem e outros. Cerca de 60% dessas empresas são voltadas para o setor infantil, o que reforça a justificativa para que Gaspar receba oficialmente o título.


                  

Divulgação/




LEIA TAMBÉM