| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
Parajasc/

Paratletas insatisfeitos com cancelamento de competição em SC

Os paratletas catarinenses criticaram o fato da Fesporte ter cancelado o Parajasc 2021, que seria disputado a partir de 26 de setembro. Um abaixo-assinado circula na rede Instagram a favor da manutenção do Parajasc. O nadador gasparense Filippi André Ayroso, que iria participar da sua primeira competição não esconde a frustração. Segundo ele, as críticas dos paratletas é porque a Fesporte reorganizou o seu calendário, remanejando as datas dos Joguinhos Escolares e da Olímpiada Estudantil (Olesc), porém, deixou de fora o Parajasc. "Simplesmente nos excluíram", lamenta Fillipi.

O paratleta conta que se preparou durante meses para o Parajasc. "Foi essa competição que me motivou a ser um paratleta de alto rendimento, pois meu grande sonho é me tornar campeão catarinense". Filippi lembrou ainda, que são essas competições que abrem a possibilidade do atleta receber uma bolsa-atleta. "Infelizmente, o meu sonho foi adiado". acrescenta.

O presidente da Fesporte, Kelvin Soares, explicou que o cancelamento do Parajasc teve motivo na desistência do município-sede, Rio do Sul, 30 dias antes do início. "Não havia como organizar a competição em outra cidade, o tempo é muito exíguo e trata-se de uma competição gigantesca", justificou. Ele disse que nenhum outro município se candidatou. Kelvin, porém, revelou contato com representantes do segmento para organizar algum tipo de competição ainda este ano. O presidente deixou claro que não há tratamento diferenciado para o paratletismo catarinense, mas que o calendário da Fesporte, normalmente de dez meses, se transformou em um calendário de dois meses em função da pandemia.  



LEIA TAMBÉM



JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |