| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
Dia D.

Setor têxtil próximo de título nacional

Gaspar pode se tornar a Capital Nacional da Moda Infantil

A quarta-feira (15) será histórica para Gaspar. Assim que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovar o relatório final do Projeto de Lei nº 4.319/2019, Gaspar vai se tornar "Capital Nacional da Moda Infantil". Embora ainda vá faltar a sanção e promulgação do Presidente Jair Bolsonaro e publicação do ato no Diário Oficial da União, o município já pode comemorar o título oficial.

A votação está marcada para as 9 horas da manhã, em Brasília. Lá estarão o prefeito Kleber Wan-Dall e o vice-prefeito Marcelo Brick, além de lideranças políticas regionais, locais e representantes do setor empresarial e industrial. Se aprovado o relatório, o PL, que está em caráter terminativo, será enviado diretamente à Câmara dos Deputados, que irá remetê-lo a sanção e promulgação presidenial.

Gaspar já é oficialmente a Capital Catarinense da Moda Infantil desde o ano passado, mas o título nacional garantirá o reconhecimento da cidade em todo o território. Assim, o município poderá, por exemplo, organizar eventos feiras têxteis voltadas para o setor.

Números

A indústria têxtil de Gaspar emprega cerca de oito mil trabalhadores de forma direta e é responsável por quase 30% do PIB do município. Ao todo, são aproximadamente 870 empresas de confecção; 480 facções; e 85 tinturarias, fiações, tecelagem e outros. Cerca de 60% dessas empresas são voltadas para o setor infantil, o que reforça a justificativa para que a cidade receba o título.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Renda e Turismo, Pablo Fachini destaca que o município envia diariamente milhares de peças para todo território nacional e é reconhecido por ter um produto diferenciado e de qualidade. "Uma vez assumindo esse título formal, ele transformará a visão do município pelo país, ajudando no crescimento do setor". Para o prefeito Kleber Wan-Dall, a divulgação do potencial têxtil de Gaspar é essencial para um melhor desenvolvimento da cidade e ajudará a identificar o município em cenário nacional. "A conquista do título irá marcar e dar destaque nacional a Gaspar, gerando ainda mais visibilidade para este fundamental setor da nossa economia, além de criar oportunidades de emprego e renda para a população gasparense", ressalta.

De acordo com o prefeito, o objetivo é, além do reconhecimento pela produção, que esse título possa gerar ainda mais incentivo para a implantação de um Centro Comercial na cidade. Além de acompanhar a votação da CCJ, a comitiva estará em Brasília para pleitear recursos para as áreas da saúde e educação, além do projeto de Natal por meio da Lei Rouanet.

Projeto

A designação de Capital Nacional da Moda Infantil é a última etapa de uma caminhada que começou há cerca de três anos, quando o Programa DEL - Desenvolvimento Econômico Local, presidido pelo prefeito Kleber Wan-Dall, levantou a possibilidade de Gaspar receber o título. Na época, o Assessor de Desenvolvimento Econômico de Gaspar e agente articulador do DEL, Eduardo Pedrini, juntamente com o presidente da ACIG, Nelson Bornhausen (in memorian) e Douglas Junkes, coordenador do Núcleo Têxtil da ACIG, levaram adiante a ideia. Junkes conta que ao assumir a coordenação Núcleo mapeou o potencial têxtil de Gaspar e concluiu que não havia, no País, nenhuma outra cidade com tantos negócios voltados para o setor têxtil infantil.

Além disso, lembra Junkes, "todas as cidades no entorno de Gaspar tem algum título, só Gaspar não". O passo seguinte foi mobilizar a representação política em Brasília para que a proposta virasse Projeto de Lei. O deputado Peninha (MDB) deu entrada com a matéria na Câmara dos Deputados no dia 8 de agosto de 2019. De lá para cá, se passaram mais de dois anos até a decisão desta quarta-feira. Junkes, que no começo do mês deixou a coordenação do Núcleo Têxtil, reforça, porém, que a partir do título ações precisam acontecer para que de fato o trabalho tenha sido útil. 



LEIA TAMBÉM



JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |