| ASSINE | ANUNCIE

outdoor - 1º arte.jpg

Relatório

Cresce o número de ocorrências dos bombeiros

12 Janeiro 2018 17:15:00

Na comparação com 2016, a corporação registrou um aumento de 10% no volume de atendimentos

Redação Jornal Metas
15117782370300.jpg
Foto: Divulgação
E mais uma vez, os acidentes de trânsito lideram as estatísticas

O Corpo de Bombeiros Millitar de Gaspar atendeu a mais ocorrências em 2017 na comparação com 2016. É o que mostra o relatório final do comando da corporação. Foram 121 chamados a mais. De novembro de 2016 a novembro de 2017, o Cobom - Centro de Operações do Bombeiro Militar de Gaspar - atendeu a 1.376 chamados contra 1.255 no mesmo período anterior, o que significa um incremento de cerca de 10%. E mais uma vez, os acidentes de trânsito lideram as estatísticas. Em 2017, as guarnições de Gaspar se deslocaram para prestar socorro a 633 acidentes de trânsito, enquanto em 2016 o registro foi de 594. Para o comandante, tenente Machado, que no próximo mês completa um ano à frente da corporação, as características do município, cortado por três importantes rodovias regionais e o fluxo intenso, faz aumentar o número de acidentes de trânsito, com o agravante de que as obras da BR-470 - a mais perigosa rodovia do Vale do Itajaí - acabam contribuindo para o crescimento das estatísticas. "Por imprudência ou falta de atenção, os motoristas não respeitam os limites de velocidade nos trechos que estão em obras, ocasionando muitos acidentes", observa. Houve ainda uma elevação  significativa no número de incêndios no município. De acordo com o relatório, em 2017 foram registrados 130 sinistros contra 95 em 2016. Os atendimentos pré-hospitalares também superaram os registros do ano anterior: 417 em 217 contra 379 em 2016.

Com um efetivo de 16 bombeiros militares, três servidores públicos cedidos pela prefeitura para exercerem a atividade de bombeiro comunitário remunerado e quatro estagiários pagos pelo Fundo Municipal de Reequipamento, a corporação gasparense cumpre outras tarefas importantes de prevenção e fiscalização. São as chamadas vistorias de projeto, habite-se e funcionamento de estabelecimentos públicos e privados. Nesta área, a demanda reduziu na comparação com 2016, que teve 2.921 contra 2.469 no ano passado. Mesmo com a demanda grande de trabalho, o comandante Machado garante que os programas sociais direcionado à prevenção de acidentes, tais como Cidadão Consciente, Bombeiro Mirim e Curso de Atendimento de Emergência, continuarão sendo executados e até serão ampliados em 2018. A novidade, já a partir do mês de fevereiro, é a implantação do programa "Bombeiro Melhor Idade". A primeira turma será formada por 40 idosos que hoje estão cadastrados junto ao serviço de Assistência Social da prefeitura de Gaspar. "É uma forma de interação do bombeiro com a comunidade", argumenta Machado. O comandante lembra que o município se destaca na região por ter o maior número de bombeiros comunitários em atividade, isto é, aqueles voluntários que cumprem, no mínimo, 24 horas de trabalho na corporação. "Hoje temos 25 bombeiros comunitários ativos, este efetivo é maior que o da cidade de Blumenau", finaliza o comandante.

 

LEIA TAMBÉM



JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620


JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |