| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

Ford encerra produção no Brasil


A Ford chocou o mercado ao anunciar, na última segunda-feira (11), o fim da produção de veículos no Brasil. A decisão causou o encerramento imediato da montagem dos modelos Ka, Ka Sedan e EcoSport em Camaçari (BA) e de motores e transmissões em Taubaté (SP), enquanto a unidade de Horizonte (CE), responsável pelo Troller T4, teve fechamento garantido para o último trimestre de 2021. A ação é mais uma medida drástica no plano de reestruturação global da Ford, que visa a atuar em segmentos de menor volume, porém com produtos de maior valor agregado. Por isso, a empresa também cedeu fábricas na Rússia e encerrou uma joint-venture na Índia com a fabricante local Mahindra.

Ação repete "abandono" a carros nos EUA

Ao deixar de produzir Ka e Ka Sedan, a Ford do Brasil segue o mesmo caminho da matriz nos Estados Unidos. Em abril de 2018, a empresa anunciou que só atuaria por lá com picapes, SUVs e o esportivo Mustang, garantindo o fim de modelos consagrados como Fusion, Taurus, Focus e Fiesta. Aqui, a gama de novos agora fica restrita a Ranger, Edge, Mustang e Territoy, mas em breve a empresa começará a vender o furgão Transit e os SUVs Bronco Sport e Escape, este último com propulsão híbrida. Curiosidade: o EcoSport, com quem a Ford "criou" o segumento de SUVs compactos, deixa o mercado sem um substituto imediato.

Consequências significativas

Ao deixar de oferecer os três produtos nacionais, a Ford deve ver seu volume de vendas despencar: em 2020, emplacou 139.225 veículos, dos quais 117.265 (84,2%) eram das linhas EcoSport, Ka e Ka Sedan. Com o volume restante 21.990 exemplares, a marca cairia do quinto para o décimo lugar nas vendas. Como reflexo, certamente haverá redução na rede de concessionários, atualmente formada por 282 lojas em todo o Brasil. Nas fábricas, estimam-se cerca de 5 mil demissões. Aqui, um "alento": a Ford negocia a planta de Camaçari com quatro marcas chinesas, por intermédio do Grupo Caoa, enquanto busca um comprador para a Troller e sua unidade em Horizonte.



VEJA MAIS DA COLUNA