| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

Chevrolet relança Cruze LTZ


A Chevrolet apresentou a linha 2021 do Cruze com uma novidade: o retorno da opção LTZ. Na prática, ela toma o lugar da Premier I em nível de itens e preços, enquanto a Premier II passa a se chamar apenas Premier. Outra novidade é que a ressurgida LTZ incorpora o para-choque até então exclusivo do hatch Sport6, com grade diferenciada e molduras maiores nos faróis de neblina. Por outro lado, a dianteira do acabamento Premier mantém as formas mais contidas e, anteriormente específica para o sedã, passa a equipar também a variação top do Sport6. Nada muda nos conteúdos dos demais acabamentos, tampouco no motor 1.4 Turbo Flex de 153 cv.

BMW 320i volta a ter motor Flex 

Ao mudar de geração, em 2019, o 320i perdeu a tecnologia bicombustível que havia recebido em 2014. Agora, porém, o sistema volta às versões de entrada do Série 3 produzido em Araquari, no Norte de Santa Catarina. Segundo a BMW, nada muda em termos de rendimento: o 2.0 Flex rende os mesmos 184 cv e 30,6 kgfm, independentemente do combustível queimado, que o antecessor, impulsionado apenas por gasolina. Câmbio de oito marchas e tração traseira não mudam. O 320i Flex é oferecido nas versões Sport, Sport GP e M Sport.

Mercedes apresenta SUV elétrico EQA 

A Mercedes-Benz divulgou, na Europa, as primeiras informações e imagens do EQA, seu segundo modelo puramente elétrico. Posicionado abaixo do EQC - que já é vendido no Brasil -, o novo SUV é claramente derivado da segunda geração do GLA, como se observa pelas proporções da carroceria. Ele tem visual próprio, com uma simulação de grade frontal, faróis recortados e lanternas unidas, mas o interior é o mesmo do irmão movido a gasolina. Seu sistema de propulsão tem motor elétrico de 190 cv, com baterias de 66,5 kWh. A autonomia homologada é de 426 km por recarga, que leva cerca de 5h45min em pontos adaptados de 11 kW.



VEJA MAIS DA COLUNA