| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

Livros sobre livros e contos athanazianos

Atuando como promotor em diversas cidades do estado de Anita Garibaldi, Enéas Athanázio deixou marcante presença em todas elas, inclusive Blumenau. Adispois, mudou-se com trouxas e bagagens para a internacional beach Balneário Camboriú.

De lá, finzinho da semana acabada, enviou-me seus dois mais recentes

Diz-me o caro amigo que manifestação de minha parte acerca de seus novos "filhos", o 54 e o 55, serão bem-vindos e o deixarão muito feliz. Pois aí vão algumas sinceras impressões:

- Os artigos do Livro sobre livros causaram-me maviosa alegria. Tanta erudição, tanto conhecimento e carinho para com os focalizados nas 219 páginas.

- A cidade que morria devagar e aos poucos. Lembrei-me de tantas delas de saudosa memória.

- Figuras conhecidas e respeitadas: A sertaneja e global Maria Moura; A Anita Malfatti, Lorca, o verdejante; Stálin; o combativo Fernando Jorge, A quinta coluna com sabor blumenauense; o injustiçado, esquecido do tamanho de um Lima Barreto; Malraux; Simenon; Agrippino Griecco (enviei aos jornais considerações sobre a releitura de Gralhas e pavões); Câmara Cascudo; Ballard; Crispim Mira; Brennand; Trancoso; Quiroga; Zé Lins do Rego; Érico dos pampas infinitos; o tzar ou czar, como queiram; o Pitigrilli, de quem o Mano Jango se servia para suas crônicas no espio da maré e num segundo que dura séculos o rei do cangaço Enéas.

- Outra leitura igual a anterior: os contos do Dinarte do Entre-rios. Com igual ao anterior quis dizer: olho no texto só despregado quando do seu término.

- A última palavra doce do texto O presente: Jacira (para o leitor esta informação: Jacira é sua esposa e companheira duma vida inteira. Aqui, ela aparece Jacira, mas Jandira, seu vero prenome saiu com Jandira, se for licença poética caiu muito bem.

- Os sojeitos. O maleva; o Jangão; a expressão novíssima para mim: Alapôtcha. Gentinha malacara, havéra, pois.

Bração do Gerva, partindo, fingindo não saber, pros 77 anos. Setenta vezes sete.

Blumenau, 20 d´agosto de 19.

Na primeira orelha, finca firme: "O campo está dentro de mim. Onde quer que eu vá, levo-o no coração."

"No ambiente serrano, o escritor Enéas Athanázio é insuperável." Afirma de modo peremptório a segunda orelha doa obra Dinarte do Entre-rios. Outros viventes.


VEJA MAIS DA COLUNA

JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |