| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

Grafites do bem e do mal

A palavra grafite, com a variante grafita, significa lápis para desenhar e também escritos em muros. E é neste último sentido que nos interessa na crônica de hoje. Os grafiteiros, quem escreve com grafite, sujam ou embelezam as paredes dos prédios de cidades de maior ou menor porte.

Em Teatro do bem e do mal, livro de bolso da L&PM (162 páginas), encontrei a informação, no capítulo Falam as palavras, "Segundo o dicionário da Real Academia Espanhola, as frases que mãos anônimas escrevem nas paredes das cidades se chamam grafitos." Conheci o autor da obra nas páginas da finada revista Bundas. Ela foi editada pela patota do jornal O Pasquim, para enticar com Caras, reservada às socialites do mundo inteiro.

Trata-se do escritor uruguaio Eduardo Galeano. Traduzido em mais de vinte línguas, recebeu prêmios literários, os mais importantes em diversos países. Diz ele que "o prefeito de Nova York condenou os perigosos autores de palavras e desenhinhos, pois "sujando as paredes revelam uma conduta protocriminosa. Não condenou a conduta protocriminosa das empresas que cobrem as cidades de anúncios publicitários descaradamente mentirosos."

"As paredes - acha ele - têm outra opinião. Elas nem sempre se sentem violadas pelas mãos que nelas escrevem ou desenham. Em muitos casos, estão agradecidas. Graças a essas mensagens, elas falam e se divertem. Bocejam de tédio as cidades intatas, que não foram rabiscadas por ninguém nos raros espacinhos não usurpados pelas ofertas comerciais."

Eduardo Galeano faz uma breve compilação, dividida por temas de frases que leu ultimamente em diversas cidades: nas paredes, que vêm a ser algo assim como as mais democráticas de todas as imprensas. Vejamos assim, o tema os textos:

Tempos modernos: - Se a cadeia está cheia de inocentes, onde estão os delinquentes? - E se houver uma guerra e não for ninguém? - Em minha fome, mando eu.

Perguntas: - Viver só é tão impossível quanto viver acompanhado? - O amor morre ou troca de domicílio? - Um parto na rua é iluminação pública? - Se Maria era virgem, Jesus era adotado? - Quando eu for criança, serei poeta?

Delas sobre eles: - Homem que não mente é mulher. - 99% dos homens arruína a reputação do resto. - Prometem presente e batem na gente. - Que fazem as mulheres antes de encontrar o homem de seus sonhos? Casam-se e têm filhos. - Se Deus fez Adão à sua imagem e semelhança, quem nos defende de Deus?

Deles sobre elas: - Mulher que não enche o saco é homem. - A cada dia morrem dezoito mil mulheres e a minha não tem nem dor de cabeça. - Se se calassem um momento, poderia lhes dizer quanto as amo. - Quando não te cobram, te fazem pagar. - Se as mulheres fossem necessárias, Deus teria uma.

Morrer: - Por que os cemitérios têm muros, se os que estão dentro não podem sair e os que estão fora não querem entrar?



VEJA MAIS DA COLUNA

JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |