| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

Frases hibernais

Detesto o frio, já o disse por várias vezes. Portanto, conto os meses, semanas, minutos e segundos pela vinda da estação que nos concederá temperaturas mais agradáveis.

Existem textos líricos que a gente carrega por uma vida inteira. Mesmo as frases de humor fazem bem à saúde. O que é frase? É todo enunciado linguístico que possui sentido completo. Não é obrigatória a presença de um verbo. Na oração, ocorrem sujeito, predicado e complementos. Pode haver só predicado nas orações sem sujeito. E o período é a frase organizada em orações.

No espaço de hoje, reunimos frases como estas:

- "Não sou literato de concursos nem escritor concursado."

- "Do jeito que a coisa anda, o terceiro sexo acaba em segundo."

- Tá na moda proclamar: "sou poeta!" Na verdade, alguns cometem apenas versinhos. Na maioria, horríveis.

- Na poesia, o soneto é a forma mais difícil. Na prosa, o conto. Difícil mesmo é o costume da leitura. E mais difícil ainda, escrever bem.

- "Antes dos portugueses descobrirem o Brasil, o Brasil tinha descoberto a felicidade."

- "Uma cidade que esconde suas favelas, oculta também suas mazelas"."

- "O melhor do aparelho de televisão é o botão de desligar."

- Toque de recolher? Tempos da Gestapo, SS e esta pandemia que não quer sumir de vez e por todas.

- "Não sou político: sou principalmente individualista. Creio na liberdade, nisso se resume a minha política."

- "Antes dos portugueses descobrirem o Brasil, o Brasil tinha descoberto a felicidade."

- "Perdi-me em sonhos por sobre os mares... Ninguém quis ouvir os meus cantares."

- "Cuidei que o gosto do Amor tivesse sempre o mesmo gosto fosse. Mas um Amor Brasileiro eu não sei porque é mais doce."

- Triste a cidade que deixa morrer seus monumentos naturais, figueiras e tamarindos.

- "Eu tenho ideias e razões, conheço a cor dos argumentos, e nunca chego aos corações."

- "A cidade está no homem, quase como a árvore voa no pássaro que a deixa."

- "Ainda que eu falasse a língua dos homens e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria."

- Quem empresta, adeus!"

- "O sol nasceu pra todos e a sombra pra quem é vivo."

- "Que somos nós!? Pronomes pessoais" (Mário de Andrade).




VEJA MAIS DA COLUNA