| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
TOP_ColunaPrisco.png
TOPCEL_ColunaPrisco.png

Vitoriosos e derrotados

15 Julho 2016 15:55:58

Rodrigo Maia (DEM), o presidente da Câmara para o mandato-tampão até fevereiro de 2017, é do Rio de Janeiro como Eduardo Cunha. Mas se afastou do peemedebista há tempos e vinha tendo atuação muito mais paroquial depois que seu pai, o ex-prefeito do Rio, Cesar Mais, saiu de cena. Volta à ribalta com muito mais experiência e apoiado por vários partidos, inclusive o PPS e o PSDB, os líderes da antiga oposição. 

Ontem mesmo, o novo comandante reuniu-se com Michel Temer, este duplamente vitorioso no processo sucessório de Cunha. Os dois candidatos que foram ao segundo turno, o próprio Maia e Rogério Rosso (PSD-DF), fazem parte da base de apoio ao governo interino. 
A vitória do demista sinaliza para a possível degola definitiva de Eduardo Cunha já em agosto, enfraquecendo de vez o chamado Centrão, que sai chamuscado da disputa. 
Mas houve outros dois grandes derrotados no pleito interno da Câmara. O próprio Cunha e Lula da Silva, que entrou no circuito na reta final, articulando a candidatura do ex-ministro de Dilma, Marcelo Castro. Embora filiado ao PMDB, sabe-se que ele ainda é leal ao PT. Sofreu fragorosa derrota. Mais um sinal dos tempos. 

Proximidade

Filiado ao DEM, partido que Lula da Silva jurou que iria varrer do mapa da política, Rodrigo Maia é genro de Moreira Franco (PMDB), um dos políticos mais próximos a Michel Temer.

Boa figura

O catarinense Esperidião Amin teve uma participação relativamente boa no jogo sucessório. Ficou em quinto lugar, com quase 40 votos. No segundo turno, ele e o PP descarregaram votos em Rodrigo Maia. 

Centenário

Justíssima a homenagem que Alesc prestou à memória de Carlos Joffre do Amaral,  fundador do Sistema Catarinense de Comunicações (SCC) e que completaria 100 anos. Também houve momento de emoção na sessão especial, quando também foram comemorados os 77 anos do Grupo SCC e os 35 anos do SBT. 

Da terra

A solenidade foi proposta pelo deputado lageano Gabriel Ribeiro (PSD). A família Joffre do Amaral construiu sua história na cidade serrana.  O parlamentar destacou o legado deixado por Carlos Joffre Amaral para a comunicação no estado, pelo viés do pioneirismo. “Seu espírito empreendedor foi fundamental para o desenvolvimento catarinense”, ressaltou.

PP de vice

Avançam as conversas para que o PP indique o candidato a vice-prefeito do deputado Mario Marcondes (PSDB) em São José. Isso porque as famílias Berger e Amin não sentam à mesma mesa para conversar e o senador do PMDB está empenhado no projeto de seu partido na quarta maior cidade catarinense. O contexto também é favorável pelo fato de que o PSD não estará na chapa de Angela Amin em Florianópolis.

Contra a corrupção

O deputado federal Celso Maldaner, do PMDB de Santa Catarina, foi quem presidiu a reunião de instalação da Comissão Especial que irá debater o pacote de medidas anticorrupção. Maldaner declarou o momento como histórico o País. Durante a reunião, foi eleito o deputado Joaquim Passarinho como presidente do colegiado. 

Crimes na internet

Em Balneário Camboriú, os advogados do pré-candidato Fabrício Oliveira concederam entrevista coletiva para afirmar que noticiário falso contra o postulante foi produzido nas dependências da prefeitura. No horário do expediente e utilizando acesso à internet bancado pela municipalidade. Chegou-se ao autor dos ataques: um servidor lotado no gabinete do prefeito Edson Pirquito (PMDB) com informações fornecidas à Justiça pelo Facebook e a Operadora Oi. O caso pode ser didático para todo o Estado. Os crimes virtuais na campanha serão combatidos.



VEJA MAIS DA COLUNA

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |