| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
TOP_ColunaPrisco.png
TOPCEL_ColunaPrisco.png

Quarteto na berlinda

07 Junho 2016 18:36:50

Acionado o gatilho do procurador-geral Rodrigo Janot, na direção do quarteto do PMDB, a República estremeceu. Abrindo um parêntese, o Manda Brasa caminha celeremente na mesma direção do PT enquanto agremiação partidária: fundo do poço, com lama por todos os lados saindo dos dutos do petrolão. 
Janot está convicto de que o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha, mesmo sem o cargo de número dois na linha sucessória nacional, atua fortemente para obstruir o processo de cassação do seu mandato e também as investigações da Polícia e Ministério Público Federal. Por isso, quer a prisão dele. 
O procurador também solicita a prisão dos senadores Renan Calheiros (ainda presidente do Senado) e Romero Jucá; e tornozeleira eletrônica para o ex-presidente José Sarney (provavelmente em função de sua idade avançada). O trio também estaria trabalhando incessantemente nos bastidores para brecar a Lava Jato. Brasília está em polvorosa. A sensação é de que não vai sobrar pedra sobre pedra. 

Subiu no telhado

Com o pedido de prisão do quarteto coroado do PMDB, cresceu a expectativa para a supensão da reunião entre governadores, secretários de Fazenda e o ministro Henrique Meirelles para tentar finalizar o acordo das dívidas estaduais com a União. Talvez não haja clima suficiente para que todos possam sentar à mesa com o mínimo de tranquilidade necessária a estas situações. 

Ponta de lança

O iminente afastamento de Renan Calheiros da presidência do Senado levará o petista Jorge Viana ao cargo. Quem vai presidir o processo de impeachment é o ministro Ricardo Lewandowsky, mas é evidente que a presença do petista ali no comando da Casa pode ser decisiva para virar votos a favor de Dilma Rousseff.

Anúncio on line

O prefeito de Florianópolis Cesar Souza Junior vai gravar um vídeo, ainda esta semana, e divulgar nas redes sociais, anunciando que não será candidato em outubro e que vai terminar o mandato para enfrentar as inúmeras dificuldades do município. Não se sabe se esse vídeo vai para a internet antes ou depois da coletiva que ele dará, também esta semana, para anunciar que não será candidato.

Racha no PSD

Agora o que se observa nos bastidores é um racha no PSD. O professor Rodolfo Pinto da Luz se desincompatibilizou do primeiro escalão justamente para ser uma opção dentro do partido na composição majoritária. Mas uma outra parte do PSD trabalha com a ideia de apoiar Angela Amin (PP), ficando fora da chapa. O PSDB indicaria o vice e evitaria que os tucanos firmassem ninho em trono de Gean Loureiro (PMDB), que já tem sete partidos à sua volta. Muitas emoções até a definição do quadro na Capital.

Troca na comunicação

Depois de um ano e meio à frente da Secretaria de Estado da Comunicação, Walter Bier apresentou seu pedido de exoneração do cargo de secretário ao governador Raimundo Colombo. Bier decidiu deixar a Secom para retornar à iniciativa privada. O diretor de Divulgação, João Evaristo Debiasi, foi convidado pelo governador para assumir como secretário de Comunicação. Por enquanto, Debiasi vai acumular o cargo de secretário com a diretoria de Divulgação. João Debiasi constitui-se em nome qualificado para o exercício do cargo.


VEJA MAIS DA COLUNA

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |