| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
PANDEMIA

Bolsonaro testa positivo para COVID-19

Presidente disse que tomou hidroxicloroquina e azitromicina e já está se sentindo bem melhor


O presidente Jair Bolsonaro entrou para a lista dos mais de 1,6 milhão de infectados com o novo coronavírus no Brasil. Na manhã desta terça-feira (7), em entrevista à TV Brasil, Bolsonaro confirmou que testou positivo para COVID-19. Ele fez o exame no começo da noite de segunda-feira (6), depois que teve febre de 38 graus e foi aconselhado pelo médico da presidência a ir ao hospital em Brasília.

O presidente disse que a indisposição começou no domingo (5) e se agravou no decorrer da segunda-feira. Bolsonaro disse ainda que a equipe médica ministrou hidroxicloroquina e azitromicina antes dele dormir. "Como acordo muito à noite, depois da meia-noite senti uma melhora e, às 5h, tomei a segunda dose e estou me sentindo bem melhor". O presidente deve cumprir um isolamento de, no mínimo 15 dias, que é protocolado determinado pela Organização Mundial de Saúde. Na noite de ontem, a sua assessoria já havia suspenso toda a agenda presidencial para essa semana.

A Secretaria de Comunicação da Presidência também emitiu nota sobre o resultado do exame de Bolsonaro. "O resultado do teste de COVID-19 feito pelo presidente Jair Bolsonaro na noite dessa segunda-feira, 6, e disponibilizado na manhã de hoje, 7, apresentou diagnóstico positivo. O presidente mantém bom estado de saúde e está, nesse momento, no Palácio da Alvorada".

Uma das últimas agendas cumpridas pelo presidente fora de Brasília foi no sábado (4), quando ele esteve em Santa Catarina para verificar os estragos causados pela ciclone bomba. Na ocasião, veio acompanhado do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e dos secretários nacionais de Aquicultura, Jorge Seif Junior, e da Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves. O presidente foi recebido pela vice-governadora, Daniela Reinehr, pelo deputado federal Esperidião Amin (PP) e pelos senadores Jorginho Mello (PL) e Dario Berger (PMDB), além do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro. Outras autoridades também estiveram no aeroporto Hercílio Luz. Bolsonaro permaneceu em solo catarinense por cerca de duas horas, onde teve uma videoconferência com o governador Carlos Moisés, que cumpre quarentena também por ter sido infectado pelo novo coronavírus. A informação é que o prefeito da capital Gean Loureiro vai entrar em quarentena por ter tido contato com o presidente Bolsonaro.


LEIA TAMBÉM



JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |