| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

Sentimentos

Eras o sonho, a fantasia,

a ilusão, a clareza,

a leveza e a riqueza de um coração sentido

Pulsando num corpo só 

numa mente só

num sentimento só.

Eras a vida que vivia viva 

num sentimento profundo

num enternecer tranqüilo

numa visão de sentimentos.

Eras o poder 

a fortuna de riquezas

os louros das vitórias

os grilhões de ouro

as miríades de pedras preciosas.

Eras os sentimentos sentidos 

a natureza irreal que buscava os deuses

como heróis adormecidos nos esquecimentos

sem fim.

Eras os caminhos seguros 

as noites estreladas no luar da bela noite

prenunciando um novo amanhecer.

Eras o sol poente 

vencendo o temor da morte final

renascendo no leste como vida infinita

incorporando milhares de fogos incandescentes.

Eras o vigor da natureza 

brilhando tal qual brilhante

desfazendo-se em nuvens passageiras

crescendo, vivendo e sentindo.

JC BRIDON

VEJA MAIS DA COLUNA