| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
LITERATURA

Festival homenageia Lobato

Produções dos alunos das redes municipal e particular de ensino foram apresentadas nesta semana


Além da exposição de trabalhos, festival contou com apresentações artísticas / Foto: Kássia Dalmagro - Jornal Metas /

Emilia, Visconde de Sabugosa, Dona Benta, tia Anastácia, Narizinho, Pedrinho... os personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo invadiram o Salão Cristo Rei nesta semana. Durante a quarta (6) e quinta-feira (7), alunos das escolas das redes municipal e particular de ensino, além das crianças de alguns Centros de Desenvolvimento Infantil (CDIs) do município estiveram mobilizados na primeira edição do Festival de Emílias de Gaspar. O evento contou com apresentações teatrais e de dança e com exposições de vários trabalhos. Conforme explica a administradora da Biblioteca Pública Municipal Dom Daniel Hostin, Lúcia Küstner, as produções são resultado de mais de cinco meses de trabalho.

"O Festival de Emílias é uma proposta da biblioteca, diretoria de Cultura e secretaria de Educação de Gaspar. A ideia foi lançada em abril e, para trabalhar o tema com os alunos, os professores receberam uma formação com o mestre em Educação, Cleber Fabiano da Silva", afirma. Um dos s, segundo Lúcia, foi sensibilizar os alunos quanto à valorização e importância do autor para a literatura brasileira. "Monteiro Lobato foi um divisor de águas; foi ele quem instituiu a literatura infantil no Brasil ao ter a sensibilidade de enxergar as crianças como leitores e produzir obras que falam a linguagem delas", justifica. Além disso, os trabalhos possibilitaram que os alunos fizessem importantes releituras das principais obras do autor."A ideia é que os alunos conhecessem Lobato além dos personagens midiáticos", ressalta.

E, de acordo com a administradora da biblioteca, o resultado dos trabalhos foi surpreendente. "O festival reuniu apenas cerca de 30% do que foi produzido pelos alunos. Tivemos trabalhos tão bons que a intenção é levá-los agora para outros espaços da cidade", diz. Lúcia também afirma que a iniciativa ultrapassou os portões das escolas. "Foi um processo que não envolveu apenas os alunos, mas também seus familiares. Por exemplo, inspirados na tia Anastácia, os estudantes pesquisaram com suas mães, tias e avós receitas para montar um livro". 

O primeiro Festival de Emílias deu tão certo que passará a ser realizado anualmente na cidade. "O evento irá se consolidar a cada ano, ele veio para ficar", garante. 


LEIA TAMBÉM



JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |