| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
LITERATURA INFANTIL

Diálogos Possíveis trata de tema atual

Livro aborda a intolerância presente em nosso cotidiano


Foto: Divulgação/

Após publicar seu primeiro livro autoral em 2018, o professor gasparense e bibliotecário Luiz Alberto Pereira volta à cena literária. Desta vez, em parceria com a escritora e artista visual Karine Alves Ribeiro, responsável pelas ilustrações que animam as histórias contadas por Luiz em "Diálogos Possíveis" - uma obra totalmente independente. A pré-venda do livro infantil já iniciou e quem se interessar pela obra pode adquirí-la por meio do whatsapp (47) 99921-9747. A entrega iniciará no dia 16 de outubro.

O livro, segundo o autor, fala sobre a importância do diálogo, tendo a empatia como ponto central. "Na nossa opinião, o tema é mais do que importante. Ele é necessário nesse tempo em que estamos vivendo. Não tínhamos ideia, por exemplo, que viveríamos dias tão absurdos como os que estamos vivendo agora, onde uma simples diferença de opinião pode se tornar motivo para conflitos, como uma dinamite, um estopim para a guerra, segregação e tanto ódio", ressalta Luiz.

Para cada história contada pelo autor, uma ilustração foi produzida por Karine, utilizando aquarela, guache profissional e, às vezes, lápis de cor, grafite e nanquim. "O Luiz me deu total liberdade para desenvolver as ilustrações e disse que não precisava ser um único personagem e sim vários deles em situações variadas, mas que transmitissem o que meu coração sentisse a respeito do texto. E assim foi", afirma Karine.

Luiz, que é professor de artes e que atualmente atua em bibliotecas da rede municipal de Gaspar, diz que sempre teve vontade de escrever a obra literária infantil mas que a ideia ganhou força no último ano, quando fez um levantamento dos acervos das bibliotecas escolares. "Identifiquei um número pouco expressivo de produção literária catarinense infantil nesses espaços. Estou ciente que isso não tem a ver com as políticas de aquisição de obras do nosso município. Mas a questão está no fato de que há poucos artistas na região que produzam material para esse público. Estou me referindo a escrita e a ilustração profissionalmente. O que encontramos nesses espaços é a presença maciça de obras de artistas do eixo São Paulo-Rio-Minas ou de obras traduzidas. Muito desse material é rico, variado e tem sua importância. Mas como profissional da educação, artista e leitor, sentia e (ainda sinto) falta de mais produção regional em nossas escolas. Gostaria que as crianças da nossa cidade (nativas ou residentes) pudessem ter acesso a um material original que fosse pensado nelas, onde elas pudessem se ver representadas, com todas as suas cores, ideias e cultura. Gaspar é uma cidade incrivelmente plural. E essa questão precisa ser cada vez mais evidenciada e valorizada", justifica o autor.

Já Karine não tinha como recusar o convite de Luiz. A artista cresceu em meio aos livros - devido à bronquite asmática ela passou boa parte da infância e início da adolescência internada no hospital. As obras, então, a ajudavam a passar o tempo. "Fora isso, sempre fui apaixonada por arte, desenho desde muito pequena, era minha atividade preferida, passava horas e horas desenhando. Cresci inspirada por Disney, Irmãos Grimm, Lewis Carroll, Ziraldo, Monteiro Lobato, entre tantos outros autores", diz. O desafio em se aventurar em uma nova experiência também contribuiu para Karine abraçar a proposta. "Quero proporcionar às crianças um pouco do imaginário que guardo na memória e de toda a inspiração que os livros e estórias infantis trouxeram para minha infância e para a formação do meu caráter pessoal e profissional. Quero que elas não somente tenham um bom livro pra ler, mas que possam sonhar a partir dele, seja com a escrita ou com a arte da ilustração".

Contato

Os artistas abriram uma página no Instagram (@dialogos.possiveis) e outra no Facebook (https://www.facebook.com/LivroDialogosPossiveis/), com conteúdo compartilhado entre as duas redes sociais, para criar um canal aberto e direto com os leitores e interessados. O livro pode ser trabalhado também em sala de aula tanto na questão de conteúdo, quanto de construção poética, quanto artística. Inclusive, os autores estão disponíveis para encontros virtuais com mediadores de leitura e professores que possam ter interesse em trabalhar o livro de maneira didática.



LEIA TAMBÉM



JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |