| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
IMAGENS

Câmara recebe exposição do fundador da Círculo

Mostra é organizada pela (Acig) com o Arquivo Histórico de Gaspar


Foto: Divulgação/

O espaço cultural da Câmara recebe, a partir desta terça-feira (6), a exposição de fotografias e documentos sobre a história do fundador da empresa Círculo, Leopoldo Jorge Theodoro Schmalz. A mostra é organizada pela Associação Empresarial de Gaspar (Acig) juntamente com o Arquivo Histórico de Gaspar.

Em 1938, juntamente com dois cunhados, Willy Schossland e o comerciante Júlio Schramm, Schmalz funda a Círculo, em Gaspar. A produção inicial era de linhas para bordado, crochê, tricô e fitilhos. A matéria-prima vinha das tecelagens paulistas. Quatro anos antes, a Revista Têxtil publicou, em São Paulo, estudos de Leopoldo sobre o "Movimento do Liço" (fio de metal com elo, usado para tear). No estado paulista, construiu as primeiras máquinas para o aproveitamento de fios descartados pelas tecelagens. Esse foi o primeiro passo para que fosse iniciada a produção em escala industrial de linhas, cordões, fitilhos e congêneres.

Hoje a Círculo é uma das maiores indústrias têxteis do Brasil. Tornou-se o maior parque fabril para artes manuais da América Latina, abarcando a comercialização de linhas para crochê, tricô e bordados, além de acessórios para trabalhos manuais e tecidos para patchwork. "Onde há boa vontade não há violência, nem determinação cega de impor uma maneira de encarar as coisas, mas sim um desejo genuíno de ser paciente e persistente em examinar todas as possibilidades que possam levar à solução do problema", escreveu Schmalz em uma das suas muitas mensagens à sua equipe de colaboradores.



LEIA TAMBÉM



JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |