| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

Beto.png
COLUNA
Por José Roberto Deschamps | beto@jornalmetas.com.br

Visita

18 Janeiro 2019 18:52:00

José Roberto Deschamps


Foto:Juli Deschamps/Jornal Metas

Recebi na manhã de sexta-feiraa (18), a visita do professor, escritor, palestrante e youtuber Allan Santiago, do Canal Valor Entrevista, que mora em Gaspar. O seu canal está na terceira temporada e já produziu mais de 90 vídeos com pessoas da comunidade do Vale do Itajaí, lideranças e autoridades, inclusive já entrevistou o atual presidente Jair Bolsonaro. Acompanhe o trabalho do professor valorizando o que é daqui. Acesse e conheça um pouco mais do trabalho de Santiago em 


Nova delegacia 

Foto: Patrícia de Oliveira/Jornal Metas

Quem também visitou o Jornal Metas essa semana foi o delegado Regional da Polícia Civil de Blumenau, Egidio Maciel Ferrari. Ele trouxe boa notícias para a nossa Comarca. Egídio, que foi titular da delegacia de Gaspar de 2012 a 2016, sabe muito bem as péssimas condições de trabalho que se tem na atual sede, que só pioraram de 2016 para cá. Por isso, ele e o Delegado Geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Paulo Norberto Koerich, não estão medindo esforços para concluir o mais rápido possível a reforma do prédio onde vai se instalar a nova sede (fica do outro lado da rua). Egídio chegou a dizer que a delegacia de Gaspar possui as piores instalações do Estado, mas que a nova sede vai virar modelo em Santa Catarina. Sobre Ilhota, o delegado Egídio tem a mesma opinião do delegado Koerich, ou seja, é preciso investir, pois existe muita deficiência de pessoal e a criminalidade preocupa no vizinho município, assim como em Gaspar

Safra de arroz

Embora em algumas áreas a colheita do arroz já tenha começado em Gaspar (leia matéria na página 7) é a partir da segunda quinzena de janeiro que o trabalho se intensifica. Em Santa Catarina, a colheita já foi aberta. Gaspar é forte produtor deste grão, mas a cada ano também sofre redução das áreas de produtividade em vista do preço de venda do produto, que apresenta uma defasagem muito grande que inviabiliza o plantio, a manutenção e investimentos no negócio. Conforme o IBGE, a estimativa para a safra nacional 2019 é de uma produção de 11,2 milhões de toneladas. Santa Catarina, segundo produtor nacional, estima uma produção de 1,1 milhão de toneladas. O Rio Grande do Sul, maior produtor do cereal, deve participar com 71,2% do total a ser colhido em 2019. A produção gaúcha foi estimada em 8 milhões de toneladas. Mato Grosso, Goiás, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Piauí, Tocantins, Pará, Roraima e Rondônia completam o grupo de estados mais importantes no plantio do grão, porém, em todos esses estados também estima-se uma redução bastante significativa de produção em relação aos anos anteriores.


Safra do Arroz 2

Mesmo com a expectativa de preços melhores para o arroz em relação a colheita do ano anterior, o Sul do Estado abriu com apenas R$ 38,00 o preço da saca. Aqui, no Vale do Itajaí, o produto está sendo comercializado, neste começo de colheita, a R$ 37,00 a saca de 50kg. A expectativa era abrir em pelo menos R$ 40,00 a saca. Ainda menor que em 2017 e anos anteriores, que já chegou a ser vendido a R$ 45,00. Este preço dificialmente se manterá no pico da produção. Historicamente, o produto sempre abre com um preço mais atrativo, mas não se mantém em função da oferta. O governo precisaria olhar com mais atenção para esta classe importante e tão pouco valorizada no Paí.


Caixa preta

O presidente, Jair Bolsonaro, está cumprindo mais uma promessa de campanha. Abrir a caixa preta de algumas estatais. E a primeira foi o Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES). Pelo seu Twitter pessoal, Bolsonaro relaciona os 11 países que receberam recursos do banco e as razões para esses empréstimos. O levantamento começa em 2004, quando o ex-presidente Luis Inácio Lula assumiu para o seu segundo mandato, e vai até 2018. Bolsonaro prometeu ainda ir mais fundo essa questão. A página do BNDES, cujo link o presidente fez questão de postar junto com a mensagem, apresenta o detalhamento de contratos com Angola, Argentina, Costa Rica, Cuba, Equador, Gana, Guatemala, Honduras, México, Moçambique, Paraguai, Peru, República Dominicana e Venezuela. Angola, República Dominicana e Venezuela foram os países que mais receberam recursos para projetos de infraestrutura.

.

Imagens



VEJA MAIS DA COLUNA

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |