| ASSINE | ANUNCIE

TOP_ColunaPimenta.png
TOPCEL_ColunaPimenta.png

Lombada contraditória

10 Novembro 2017 21:26:16

IMG_6783.jpg

Há cerca de dois meses, a Ditran definiu que a velocidade máxima permitida na Rua Itajaí é de 60km/h. Instalou diversas placas e até os moradores andaram colocando cones no meio da pista para inibir os motoristas que abusam da velocidade. Até aí tudo bem. Há duas semanas reinstalaram uma lombada eletrônica na via, porém, o limite de velocidade para passar pelo equipamento, ainda em teste, é de 50km/h. Fica, então, a minha dúvida e de muitos motoristas. Se a velocidade permitida em toda a via é de 60km/h, por que então colocar um lombada com limite de 50km/h? É contraditório. Na minha opinião é uma tentativa de arrecadar mais com as multas, pois as placas instaladas induzem o motorista manter na via a velocidade de 60km/h, podendo, por descuido, passar com essa mesma velocidade pelo equipamento controlador. Não vejo motivo em se reduzir a velocidade naquele ponto. Se a lombada fosse instalada em frente ao Raul’s Hotel até se poderia justificar, pois ali é o local de mais trânsito de pedestres, mas não é o caso. A lombada está justamente em área onde tem menos movimento. Com a palavra, Prefeitura, Ditran ou a empresa que vai administrar o serviço no município.

Viacredi entre as melhores

A cooperativa de crédito Viacredi, com sede em Blumenau, ficou em 21º lugar no ranking nacional do Instituto Great Place to Work, que mede o grau de satisfação dos funcionários com o ambiente de trabalho. Para o presidente da instituição, Moacir Krambeck, “a cultura da construção coletiva de uma nova realidade a partir do cooperativismo é motivadora e traz um sentimento muito especial ao time”. A Viacredi tem 81 postos de atendimento na região do Vale do Itajaí, emprega 1,3 mil colaboradores diretos e tem 425 mil cooperados em 19 cidades do Vale do Itajaí, entre elas Gaspar, onde tem seis unidades. Parabéns à diretoria e colaboradores da Viacredi!

Em Brasília

Os vereadores Francisco Solano Anhaia e Evandro Carlos Andrietti estiveram em Brasília atrás de verbas para obras em Gaspar. Na gabinete do deputado federal Rogério Peninha Mendonça, eles garantiram uma emenda no valor de R$130.000,00 para aquisição de uma Van para Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). A verba, segundo o deputado Peninha, deve estar disponível até o mês de dezembro, para ser então efetuada a compra do veículo. Vamos ficar de olho e cobrar dos vereadores e deputado Peninha essa promessa, pois se ela se concretizar será um recorde em se tratando de liberação de dinheiro público. 

Nosso dinheiro

E por falar em Brasília, você sabia que o Poder Legislativo custa R$ 1,16 milhão por hora nos 365 dias do ano? O cálculo é da Organização não Governamental Contas Abertas. Esse valor inclui fins de semana, recessos parlamentares e as segundas e sextas-feiras, quando os parlamentares deixam a capital federal para fazer política nas bases eleitorais, entre outras mordomias só permitidas à classe política e seus assessores. Pois esse Congresso Nacional, caro, dispendioso, empreguista e burocrático será renovado em 2018, e essa renovação poderia começar pela redução do número de cadeiras e empregos.

Projeto

O deputado estadual Gelson Merísio conseguiu que o projeto de lei que evita a suspensão da CNH por multas antigas tenha prioridade para votação na Alesc. Merísio defende que a suspensão da carteira de motorista só possa ser feita no mesmo ano das multas, quando o infrator atingir 20 pontos. O deputado alega que fez o projeto depois de verificar que quase 500 mil motoristas catarinenses estavam sendo notificados para entregar a CNH por multas de até cinco anos atrás. E a culpa não é deles, mas do Detran/SC que fez o levantamento no sistema com atraso. Para o deputado, a suspensão da carteira quase cinco anos depois da infração, não tem mais caráter educativo, somente o arrecadatório e punitivo. O deputado cobra, que daqui para frente, o Detran/SC tenha mais eficiência e rapidez neste controle. 

 

 

Imagens

IMG_6783.jpg
Beto.png
VEJA MAIS DA COLUNA

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620