| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
TOP_Editorial.png

Sucessão municipal começa a esquentar

Vamos entrar numa fase decisiva na política de Gaspar pr-eleitoral. As peças vão começar a se mexer no xadrez. Na próxima semana, os primeiros partidos começam a realizar as suas convenções municipais, para decidir nomes na majoritária e para o Legislativo. A principal sigla da cidade, o MDB, atual governo municipal, se reúne na próxima quarta-feira (2), para confirmar Kleber Wan-Dall à reeleição.

Por enquanto, a vaga de vice está em aberto, mas os próximos dias devem confirmar Marcelo Brick (PSD) como vice. Daí pra frente tudo são dúvidas, pois outros quatro pré-candidatos se apresentam à sucessão municipal, mas alguns podem desistir ou mesmo se juntar a outros pré-candidatos.

Todavia, quem ficar para a disputa vai enfrentar uma eleição municipal diferente, sem grandes investimentos, quase uma campanha franciscana, além do fato de ainda a questão pandemia aparecer como o assunto principal. Diante de um cenário de tantas incertezas e mudanças na própria vida das pessoas, alguns pré-candidatos entendem que o momento pode ser oportuno para uma aventura eleitoral e que pode ser bem-sucedida.

O eleitor de 2020 será ainda mais crítico e desconfiado por conta das prometidas mudanças de 2018 que ainda não apareceram dois anos depois tanto no governo federal quanto no estadual. O momento ainda não é político, mas certamente o assunto vai tomar conta dos debates na medida em que os nomes forem sendo definidos. 


OUTROS ARTIGOS E EDITORIAIS