| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
TOP_Editorial.png

Quando vamos aprender? II

12 Fevereiro 2019 18:54:31

No país do jeitinho, de leis inconsistentes e de inexistência de fiscalização para quase tudo, fica fácil encontrar as causas para as grandes tragédias. E mais uma vez a lei foi negligenciada no caso do acidente aéreo que matou o jornalista Ricardo Boechat e o piloto do helicóptero, Ronaldo Quattrucci, na segunda-feira (11), em São Paulo. Já se apurou que a aeronave não tinha licença para realizar o serviço de táxi aéro. A alvará era para aerofotografia, aerofilmagem e outros serviços, mas jamais transportar pessoas. A Anac, responsável pela fiscalização das aeronaves em todo o país, já confirmou isso.

Evidente que o acidente que matou o jornalista e o piloto poderia ter ocorrido com qualquer aeronave, mesmo habilitada para transporte de passageiros, mas fica mais uma vez comprovado que estamos longe de respeitar as leis neste país.

Em Mariana também não se respeitou os limites da natureza. Em Brumadinho, uma sucessão de erros e mais de 300 mortos. Nas chuvas recentes no Rio de Janeiro, novamente as mortes foram causadas pela ineficiência das autoridades. E no CT do Flamengo dez jovens promessas morreram dentro de um verdadeiro alçapão. Todas essas tragédias e outras que aconteceram no passado - a da Boate Kiss, por exemplo - poderiam ter sido evitadas se não houvesse omissão, desrespeito e corrupção. Quando vamos aprender?


OUTROS ARTIGOS E EDITORIAIS



JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |