| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
TOP_Editorial.png

Abuso sexual: crime em casa

14 Maio 2019 19:15:38

Todo o crime causa indignação na sociedade. Ninguém tem o direito de invadir a privacidade de outro para agredir, enganar, roubar e matar. Para punir esses criminosos existem as leis. Todavia, certos crimes causam ainda mais revolta porque as vítimas são pessoas indefesas e, muitas vezes, não pressentem o perigo que correm. É o caso do abuso sexual de crianças e adolescentes. considerado pela lei como crime hediondo. Todavia, é um crime de difícil identificação porque a maioria dos criminosos está dentro da família onde atacam filhos, sobrinhos e netos.

Uma criança abusada sexualmente dificilmente vai se livrar dos traumas. E, em muitos casos, o abusador de hoje foi abusado no passado. Todavia, isso não é peça de defesa na justiça. Praticou o crime tem que pagar. Para isso, é preciso que as famílias, amigos próximos e vizinhos denunciem o criminoso, mesmo que seja ele um familiar próximo. É a única maneira da polícia chegar até essas pessoas. Durante a semana, que é a do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-juvenil, um dado reforça a necessidade da denúncia. Somente este ano, Gaspar registrou 20 casos suspeitos de abuso sexual infanto-juvenil. Para uma cidade de 70 mil habitantes, o número é preocupante. Serve de reflexão para que as pessoas se tornem mais vigilantes, principalmente na própria família.   



OUTROS ARTIGOS E EDITORIAIS



JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |