| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
COVID-19

UTI do hospital de Gaspar chega a 100% de ocupação

Novos leitos clínicos também foram abertos para atender a alta demanda


FOTO ARQUIVO JORNAL METAS

O aumento dos casos confirmados de Covid-19 em Gaspar teve reflexo também no Hospital de Gaspar. Atualmente, todos os 10 leitos UTI Covid-19 estão ocupados. Além disso, foi necessária a abertura de novos leitos clínicos para atender a crescente demanda. Também estão suspensas, por prazo indeterminado, as consultas ambulatoriais e cirurgias eletivas desde a sexta-feira (20).

Após um período de baixa, o número de internações por Covid-19 atingiu patamares do primeiro pico da doença. "Estamos com 100% dos leitos de UTI ocupados, temos colaboradores afastados por estarem positivados ou com suspeita de Covid e a demanda de atendimento só cresce. Por isso, decidimos focar o nosso atendimento novamente para os infectados nesta pandemia", diz Claudio Marmentini, diretor administrativo do Hospital de Gaspar.

Com a suspensão das consultas ambulatoriais e cirurgias eletivas, o hospital amplia o número de leitos e salas de atendimento para Covid. "Além de diminuir o risco de infecção de profissionais e pacientes, as medidas de suspender atividades não relacionadas ao atendimento de urgência e emergência tem como objetivo focar os esforços dos nossos profissionais de saúde e do hospital no combate a pandemia", afirma o diretor.

Claudio Marmentini reforça a importância do distanciamento social e das medidas de higienização. "O Hospital de Gaspar irá continuar trabalhando para atender todos os pacientes que buscarem atendimento, porém é importante que todos façam a sua parte e se protejam. Quanto menor o número de casos, menos vítimas teremos. Por isso é essencial evitar aglomerações, higienizar constantemente as mãos e sempre usar máscara", conclui.

Grupo de Risco

Ainda pouco se sabe sobre a doença, mas uma das convicções é de que o Covid agrava e intensifica as doenças pré-existentes, principalmente em idosos. "O que a gente sabe, principalmente das pessoas que tem comorbidade, é que o Covid piora essa situação. O Covid também atua aumentando alguns fatores trombóticos, que pode levar a um AVC ou um infarto, por exemplo. A gente tenta através de medicamento impedir essa situação, mas o Covid não é uma coisa tranquila, estamos com 160 mil mortes no brasil em situações muitos semelhantes ao que acontece aqui em Gaspar", explica o Médico Infectologista Ricardo Freitas. 


LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |