| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
CASO DA BR-470

TJSC decide manter prisão do motorista do Jaguar

14 Março 2019 15:15:00

Pedido de habeas corpus foi analisado pela 4ª Câmara na tarde desta quinta-feira (14)


Evanio irá permanecer preso / Foto: Ivan Luchtemberg/Jornal Metas/


Por unanimidade, os desembargadores da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) decidiram, na tarde desta quinta-feira (14), que Evanio Prestini, 31 anos, deve permanecer preso preventivamente. O pedido de habeas corpus da defesa do motorista do Jaguar que, embriagado, provocou um gravíssimo acidente de trânsito na BR-470, em Gaspar, foi julgado pelos desembargadores Alexandre d'Ivanenko, relator do caso, e José Everaldo Silva e Sidney Eloy Dalabrida. Evanio foi preso em flagrante e teve a prisão preventiva decretada pela juíza Camila Murara Nicoletti, da Comarca de Gaspar - onde tramita o processo. O motorista está recluso no Presídio Regional de Blumenau. No acidente, morreram duas jovens: Suelen Hedler, 21 anos, e Amanda Grabner Zimmermann, de 18.

O desembargador Alexandre d'Ivanenko destacou em seu voto a inexistência de ilegalidade na decisão da juíza de Gaspar ao decretar a prisão preventiva do motorista e negou o habeas corpus. Em sua manifestação, o desembargador d'Ivanenko observou os motivos que ensejaram a decretação da prisão consignados pela magistrada de primeiro grau, como a garantia da ordem pública, a aplicação da lei penal e a conveniência da instrução criminal.

Em seguida, o relator discorreu sobre outros pontos que lhe chamaram a atenção, como a conduta do motorista, que acumula 23 pontos na carteira em infrações administrativas, a reiteração de álcool ao volante e a gravidade concreta do caso demonstrada pelas dezenas de quilômetros em que ele dirigiu embriagado e em zigue-zague na pista, conforme revelaram filmagens postadas em redes sociais 

Por meio da assessoria de imprensa, o advogado Claudio Gastão da Rosa Filho confirmou que a defesa irá recorrer ao Supremo Tribunal da Justiça (STJ). "Decisão judicial não se discute, se recorre. Embora seja uma respeitável decisão proferida pelo Tribunal de Justiça, esta contraria o que eles têm decidido em casos similares e a jurisprudência do Supremo e do STJ", afirma no comunicado. 

O acidente 

Evanio era o motorista do veículo Jaguar, com placas de Guaramirim (SC), que se envolveu em um grave acidente no dia 23 de fevereiro, na BR-470, próximo ao acesso ao bairro Belchor Baixo, em Gaspar. Segundo testemunhas, ele dirigia em alta velocidade e embriagado (o teste do bafômetro acusou 0,72mg de álcool por litro de ar). Evanio perdeu o controle da direção, invadiu a pista contrária e bateu frontalmente no veículo Fiat Pálio em que viajavam cinco mulheres. Uma delas, Suelen Hedler da Silveira, de 21 anos, passageira do banco dianteiro, morreu ainda no local do acidente. A outra morte, de Amanda Grabner Zimmermann, de 18 anos, aconteceu quando ela recebia os primeiros socorros no hospital de Blumenau. Uma terceira vítima, Maria Eduarda Kramer, de 24 anos, ficou ferida e passou por várias cirurgias. As outras duas ocupantes do Pálio, Thainara Schwartz, de 21 anos, e Thayná Carolina Círiaco, de 20 anos, também foram encaminhadas para o hospital, mas liberadas ainda no dia do acidente.



LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |