| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

TEMPO

Termômetros acima dos 30ºC

15 Janeiro 2019 17:58:00

A meteorologia avisa que a onda de calor vai continuar

Foto: Pessoas recorrem ao que podem para se proteger e tentar amenizar o calor / Foto: Kássia Dalmagro - Jornal Metas

Seja na fila da padaria, no ponto de ônibus ou no elevador... a frase tem sido a mesma nos últimos dias: "que calor"! E quem aguarda por temperturas mais amenas terá que ter paciência: a onda de calor vai continuar em Santa Catarina pelo menos até o início do mês de março, quando deve estacionar sobre o Estado uma massa de ar frio. A informação é do meteorologista da Epagri/Ciram, Clóvis Corrêa, que alerta para um verão típico na região: dias ensolarados, altas temperaturas e temporais no final do dia. "Teremos dias em que o calor não será tão intenso, em outros a temperatura deve se manter elevada", afirma.

Desde o fim de dezembro, uma massa de ar quente mantém as temperaturas altas no sul do Estado, com máximas acima de 33°C em diversas localidades. A maior temperatura em Santa Catarina foi registrada no dia 3 de janeiro, na estação automática de Massaranduba, onde os termômetros marcaram 41,3°C. No mesmo dia, a temperatura máxima em Florianópolis bateu na casa de 38,9°C - novo recorde para o mês de janeiro para a estação instalada desde 1995, segundo a Epagri/Ciram. O recorde anterior era de 37°C, registrado em janeiro de 2007. Já o recorde absoluto da estação ocorreu em fevereiro de 2010, quando os termômetros marcaram 40°C. "As ondas de calor não são surpresa, pois a previsão já indicava um verão com altas temperaturas. Mas certamente são valores considerados extremos para a nossa região", explica o metereologista. Segundo Corrêa, a sensação térmica não é comentada, já que pode variar muito de pessoa para pessoa. "Umas pessoas sentem mais calor, outras menos", observa.

E com tanto calor, as pessoas buscam alternativas para amenizar as altas temperaturas. Quem pode vai para algum parque aquático aqui da região; outros, porém, já retomaram suas atividades normais e precisam encarar o forte calor. É o caso do motoboy Marcos Antônio Oliveira, de 48 anos. O morador do bairro Coloninha passa o dia todo sob o sol forte para realizar as entregas, a maioria delas na cidade de Blumenau. "É horrível", admite. Marcos não pode deixar de utilizar o capacete e nem o colete refletivo - o que aumenta ainda mais a temperatura corporal. "Tento beber bastante água nestes dias quentes e, além disso, por causa do sol forte, uso um maguito com protetor UV", afirma.

Tamires da Silva, 29 anos, também enfrenta as altas temperaturas no deslocamento do trabalho para sua casa. No retorno, por volta das 13h30min, ela encara uma caminhada de aproximadamente meia hora. "É muito calor. Mas precisamos trabalhar, né?". Para se proteger dos raios ultravioletas, ela não abre mão do guarda-chuva. "Ajuda nos dias em que o sol está muito forte", diz.

Negócios 

Mas, se para alguns as altas temperaturas são um obstáculo, para outros elas impulsionam os negócios. Não são apenas os parques aquáticos que lucram durante os dias de calor intenso. Na sorveteria Carisma, na rua Coronel Aristiliano Ramos, no Centro da cidade, o movimento tem sido intenso. De com o proprietário, Flaviano dos Santos, a venda de sorvetes nesta temporada cresceu cerca de 20% em comparação ao mesmo período do ano passado. "As vendas estão muito boas", comemora.

Já a Defesa Civil orienta a população para as trovoadas de final de tarde, acompanhadas de muitos raios. A previsão indica núcleos de instabilidade na região do Vale do Itajaí. Emergências devem ser informadas pelo 199.





LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |