| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
CORONAVÍRUS

Santa Catarina confirma dois casos da doença

Pacientes viajaram para Europa e Estados Unidos e estão em Florianópolis

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou nesta quinta-feira (12), em coletiva de imprensa, os primeiros dois casos de coronavírus em Santa Catarina. Os pacientes que foram confirmados com o COVID-19 são uma mulher e um homem que tiveram contágio na Europa e nos Estados Unidos e estão em Florianópolis. O secretário da Saúde, Helton de Souza Zeferino, afirmou que os pacientes foram orientados sobre o que fazer estando em isolamento domiciliar. "Estes dois casos foram importados, ou seja, contraídos fora do Estado. Estamos monitorando e tomando todas as medidas necessárias para reforçar os trabalhos de prevenção, não há motivo para pânico", afirma. Com a confirmação, a Secretaria de Saúde vai executar protocolo de informação e monitoramento de todos que tiveram contato com eles.  

Para fortalecer as ações de prevenção e contingenciamento da doença, o Governo do Estado instituiu um Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) e também publicou um decreto que estabelece medidas emergenciais para conter o avanço do COVID-19. 

Em roteiro pelo Extremo-Oeste catarinense, o governador Carlos Moisés destacou o esforço do governo estadual em combater a disseminação do coronavírus. Ele ressalta que, a partir da confirmação dos dois primeiros casos em Santa Catarina, diferentes órgãos da administração pública passarão a atuar de maneira conjunta no Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd), na sede da Defesa Civil. "Vamos articular ações, interiorizar materiais e proteção", disse o governador. Ainda segundo Carlos Moisés, a população precisa passar a tomar cuidados, como evitar aglomerações, pelo menos temporariamente. 

Trabalho integrado e reforço nas ações  

O Governo do Estado instalou um Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) para enfrentamento do coronavírus. O grupo de trabalho ficará sediado no Cigerd e tem o objetivo de monitorar a evolução dos casos suspeitos no Estado e preparar a rede estadual para atender possíveis pacientes. 

O governador Carlos Moisés também editou decreto que estabelece medidas de emergência para conter o avanço da doença. "Estamos atentos à evolução dos casos e preparados para o enfrentamento. Não há motivo para pânico. Essas medidas irão reforçar o trabalho que já vem sendo feito, de informação e conscientização para que a população colabore com as medidas de prevenção à doença", afirma o governador.  

O decreto publicado na quinta-feira (12) no Diário Oficial do Estado institui uma série de medidas na administração pública e prevê desde a possibilidade de isolamento e quarentena de pacientes até a contratação emergencial de bens e serviços, além da disposição de leitos e atendimento na rede privada, conforme a evolução do coronavírus no Estado. 

Casos suspeitos

O Estado tem 67 casos suspeitos da doença, 2 confirmados e 32 já foram descartados. Os municípios onde os casos estão sendo monitorados são: Florianópolis, Joinville, São Bento do Sul, São José, Porto Belo, Balneário Camboriú, Tijucas, Nova Trento, Jaraguá do Sul, São João Batista, Brusque, Criciúma, Blumenau, Itajaí, Pouso Redondo, Balneário Piçarras, Benedito Novo, Itapema, Concórdia, Lages, Mafra e Videira.  

As informações são atualizadas na Plataforma IVIS do Ministério da Saúde, fonte oficial e responsável pela compilação dos casos suspeitos no país. As atualizações podem ser conferidas no site www.saude.sc.gov.br/coronavirus. 



LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |