| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
MARGEM ESQUERDA

Prefeitura quer acelerar obra em loteamento

Previsão é de concluir os trabalhos de urbanização até o fim do ano


Uma das equipes de trabalhadores trabalha na colocação dos pavers nas calçadas / Foto: Kássia Dalmagro - Jornal Metas /

Até o fim deste ano, a obra de urbanização do Loteamento das Arábias, construído às margens da BR-470, no bairro Margem Esquerda, deve estar concluída. A previsão é do secretário de Obras e Serviços Urbanos de Gaspar, Jean Alexandre dos Santos. Ele explica que o prazo inicial para a finalização dos trabalhos era fevereiro deste ano, mas que o serviço se prolongou porque foi preciso fazer algumas modificações no projeto original em função da instabilidade do solo. Apesar das alterações, ele admite que a obra não está sendo feita no ritmo que deveria. "Podemos avançar. Há aproximadamente um mês nos reunimos com os representantes da empresa responsável pela obra para cobrar o envio de mais trabalhadores para o local e acelerar os trabalhos", revela o secretário.

A empresa que está executando a obra é a Ramos Terraplanagem, que iniciou os serviços em abril de 2018. O investimento de quase R$7 milhões é do governo federal, por meio do Ministério das Cidades (PAC2). A prefeitura é quem fiscaliza o andamento da obra. "Hoje há duas equipes trabalhando na colocação das lajotas sextavadas; outra equipe na execução do meio-fio e outra na rede de gás da TBG", explica Jean. Segundo o secretário, a obra de pavimentação está 85% concluída, enquanto 20% dos trabalhos de colocação dos pavers das calçadas já foram feitos. "Já a parte civil da estação de tratamento de esgoto está 90% concluída", diz. Em relação à pavimentação da rua Carlos Alberto Schramm, o secretário afirma que faltam concluir 300 metros da via - parte que cabe à prefeitura executar. "A obra está no cronograma da secretaria e deve iniciar em breve", garantiu.

O presidente da Associação de Moradores do loteamento e adjacências, Pedro Lamin, afirma que a comunidade está ansiosa para ver a conclusão da obra. "Todos os dias algum morador me cobra uma resposta. Os serviços não estão parados, mas estão acontecendo muito devagar", diz. De acordo com o presidente, a revitalização é o que falta para a vida ficar perfeita no loteamento. "Temos aqui uma escola muito boa e o posto de saúde que está funcionando 100%. É um local tranquilo, de muito sossego". O loteamento foi construído para abrigar as famílias que perderam suas casas durante a tragédia climática de novembro de 2008. No local, já foram construídas 101 residências. "Hoje vivem aqui mais de 400 moradores", afirma Pedro.   


LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |