| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
Mobilidade.

Obra do Anel de Contorno avança

O primeiro trecho, de oito que ainda serão construídos, foi oficialmente entregue à comunidade

Foto: foto: Guilherme Spengler
A primeira etapa da obra vai permitir um melhor ordenamento da cidade, com uma área onde somente serão permitidas construções industriais e comerciais

Alexandre Melo

jornalismo3@jornalmetas.com.br


foto: Guilherme Spengler/A primeira etapa da obra vai permitir um melhor ordenamento da cidade, com uma área onde somente serão permitidas construções industriais e comerciais

O caminho é longo, exige pesados recursos e tecnicamente é uma obra complexa, mas, enfim, o tão aguardado Anel de Contorno Viário Urbano teve o seu primeiro trecho, de oito, concluído. Na manhã de quinta-feira (18), a Prefeitura de Gaspar reuniu autoridades, empresários e imprensa para oficialmente entregar o trecho 4-C, que faz a ligação entre as ruas São Bento, no bairro Santa Terezinha, e Rodolfo Vieira Pamplona, no Gaspar Mirim. São cerca de 730 metros de pista duplicada, que se somam a outros 530 metros que já haviam sido concluídos. As obras foram iniciadas e concluída em um ano e meio porque trata-se de uma parceria público-privada, por meio da Lei 3926, sancionada em 2018, que prevê ações coordenadas pelo poder público, com a participação de proprietários, moradores e investidores para execução de mudanças urbanísticas estruturais na cidade.

Assim, o empresário Osvaldo Schneider, o popular Paca, doou os terrenos e a Edifika Terraplanagem, cuja sede fica naquela região da cidade, executou a obra. A contrapartida é que tanto o empresário quanto a empresa não precisarão realizar a chamada compensação de área verde em seus futuros empreendimentos nos terrenos que ficam ao longo da via, algo que a lei até então exigia toda vez que alguma obra estruturante modificava aspectos ambientais.

A parceria inaugura uma nova forma de fazer gestão pública em Gaspar que, para o prefeito Kleber Wan-Dall, só traz benefícios para a comunidade, afinal, a Prefeitura não precisou desembolsar dinheiro, apenas fiscalizou os trabalhos de engenharia. Além disso, a obra, por ser de responsabilidade do setor privado, ganhou em agilidade, superando entraves burocráticos muito comuns quando se trata de obra pública, como por exemplo a dispensa de licitação, prestação de contas a cada trecho concluído e os tradicionais aditivos que sempre tornam as obras públicas bem mais onerosas. Por isso, a conclusão se deu num prazo relativamente curto. O prefeito antecipou que o trecho 5 - 1,5km interligando a Rua Rodolfo Vieira Pamplona com a Rua Frei Solano - também pode ser executado neste modelo de parceria. "O projeto de engenharia já está sendo elaborado e já tivemos uma primeira conversa com os proprietários dos terrenos naquele trecho", revelou Wan-dall.

O trecho 4-C foi apenas um passo para uma das mais importantes obras de mobilidade da história de Gaspar. Quando concluído, o Anel de Contorno Viário Urbano terá 21,4km de extensão e vai desviar boa parte do trânsito das Avenidas Anfilóquio Nunes Pires, Nereu Ramos, das Comunidades e Duque de Caxias. O custo estimado da obra é de R$ 50 milhões.

O prefeito chama atenção que o Anel de Contorno vai dar um novo ordenamento para a cidade. Tanto é verdade que as áreas por onde passam o trecho inaugurado somente serão permitidas construções comerciais e industriais. "Isto é muito importante, para evitar que os moradores reclamem, por exemplo, de uma indústria vizinha que faz muito barulho", explica Wan-Dall


foto Ana Caroline Morello/Famílias Chiesa e Schneider, juntamente com autoridades municipais, no ato de inauguração

Dentro deste novo ordenamento urbano, Wan-Dall diz que todas essas obras são importantes para o desenvolvimento econômico da cidade, uma vez que alguns trechos passarão por áreas que podem futuramente se transformar em grandes pólos industriais.

O empresário Juliano Chiesa, da Edifika, agradeceu, em seu discurso, a iniciativa do empresário Osvaldo Schneider em doar parte do seu terreno para a obra. Ele chamou atenção para a qualidade da obra e o que ela representa para o desenvolvimento de Gaspar. "São pistas duplicadas, com ciclovia, onde o ciclista vai poder ir e vir com segurança. Portanto, você está em uma área industrial segura e bem sinalizada", acentuou. O empresário também lembrou que a nova via é uma das maiores ligações entre bairros de Gaspar. "Ela interliga o maior bairro de Gaspar, o Santa Terezinha, com o Gaspar Mirim, que ainda tem muito para crescer". observou.

O ex-prefeito, Osvaldo Schneider, disse estar feliz por doar a área para o município fazer a estrada. Ele afirmou que o gesto é uma espécie de agradecimento a todos os gasparenses que lhe deram a oportunidade de governar Gaspar por quatro anos.

Próximo trecho

O próximo trecho do Anel de Contorno Urbano Viário a ser concluído é o 2, que vai ligar a Avenida Frei Godofredo, no Santa Terezinha, à Avenida Francisco Mastella, no Sete de Setembro (veja na página 10). De acordo com a prefeitura, já foram realizadas obras de pavimentação asfáltica, finalização da iluminação e passagem de fiação. o próximo passo é colocação das calçadas, acabamentos e reparos. Além disso, a equipe está executando o plantio de grama. A previsão de entrega da obra é para o mês de abril, dependendo das condições climáticas até lá.


Projeto/ Município decidiu fazer a sua parte


A obra é uma das maiores interligaões entre bairros da cidade

Foi a partir da segunda década deste século que Gaspar passou a enfrentar problemas de mobilidade urbana na região central. De lá para cá se falou muito e se fez muitas propostas. Uma delas virou até projeto, o chamado Anel Viário de Contorno, que teria recursos do Governo do Estado, porém, a obra nunca saiu do papel, porque o projeto era financeiramente inviável. Depois disso, o assunto foi esquecido, mas os problemas de mobilidade só aumentaram, o que também passou a afugentar de Gaspar alguns investidores. Foi somente com o atual governo que a obra do Anel de Contorno foi retomada, porém, em outros moldes, sem recursos do Governo do Estado. O prefeito Kleber Wan-Dall decidiu bancar o seu próprio Anel de Contorno Urbano, bem mais ajustado à realidade de Gaspar. A obra, segundo ele, não deve ser concluída em seu governo, mas vem sendo tratada como prioridade


Trechos



Trecho 1: interliga a Ponte do Vale com o início do Trecho 2 / paralelo à Avenida Francisco Mastella (no planejamento para elaboração de projeto);

Trecho 2: interliga a Avenida Francisco Mastella com a Rua Frei Godofredo (início das obras dia 23 de setembro de 2019 - valor do investimento aproximadamente R$9,5 milhões - Prefeitura - previsão de entrega abril/2021);

Trecho 3: interliga a Rua Frei Godofredo com a Rua São Bento (no planejamento para elaboração de projeto);

Trecho 4: interliga a Rua São Bento com a rua Rodolfo Vieira Pamplona (entregue: 530 metros da Edifika + 730 metros do Sr. Osvaldo Schneider; 300 metros Prefeitura em andamento para início da execução em breve - BADESC já deu "OK" no financiamento e solicitou alterações no projeto, está sendo atualizado, deve licitar no primeiro semestre de 2021);

Trecho 5: interliga a Rua Rodolfo Vieira Pamplona com a Rua Frei Solano (no planejamento para elaboração de projeto);

Trecho 6 e Ramais: interliga a Rua Frei Solano com a Rua Prefeito Leopoldo Schramm (projeto em elaboração);

Trecho 7 e Ramais: interliga a Rua Prefeito Leopoldo Schramm com a Rua Anfilóquio Nunes Pires (projeto em elaboração);

Trecho 8: interliga o Trecho 7 com a divisa com Blumenau (no planejamento para elaboração de projeto);



LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |