| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

SEM SOLUÇÃO

Moradores convivem com alagamentos há dez anos

15 Março 2019 19:48:00

Chuva forte causa enormes transtornos para os moradores da Rua Maceió


Em uma das últimas chuvas, a água invadiu a residência de Osnir / Foto: Divulgação/


A rua maceió, no Bela Vista, em Gaspar, aparentemente é tranquila. Trata-se de uma via com pouco movimento de veículos, larga, iluminada e pavimentada. Os moradores não teriam motivos para se queixar da prefeitura. Porém, bastam dez minutos de chuva forte para que a vida na Maceió se transforme num verdadeiro pesadelo. O que era para ser uma rua para veículos se transforma num "piscinão" e entrar ou sair de casa se torna impossível. A água toma conta de tudo. Quem deixa o carro estacionado na via, precisa correr para evitar o pior. A lâmina de água chega a 80cm.

Morador de uma das últimas casas da rua, Olivio Daruceski já perdeu a conta das vezes que precisou correr para levantar móveis e eletrodomésticos. Em uma das últimas chuvas, a geladeira ficou à deriva na cozinha. Ele conta que a Defesa Civil esteve na sua casa, bateu fotos, prometeu solução, mas ninguem mais deu as caras. Aliás, de promessas os moradores estão cheios. O problema existe há dez anos, quando o loteamento foi construído, e todas as administrações prometeram solução. Na atual, não é diferente. Os moradores já estiveram na prefeitura conversando com os técnicos que também foram até a rua verificar o problema, mas, segundo Olívio, é só enrolação. "A desculpa é que precisa de um projeto. Eu estou pagando quase R$ 700,00 de IPTU e pega água na minha casa", desabafa.

Na residência de Rita da Silva a água não chega, porque o terreno foi aterrado, mas a água toma conta da calçada. Ela conta que comprou a casa sem saber do problema e agora se desespera toda vez que chove. "Depois que a água baixa, fica a lama e o mau cheiro", relata a moradora.

Osmar Junckes mora na rua ao lado, mas faz serviço de zeladoria em algumas residências da rua, e já não aguenta mais ouvir promessas e justiticativas dos técnicos e engenheiros da prefeitura. "Quando é época de política eles vêm aqui pedir votos, aí se elegem e dizem que não tem verba. O IPTU aqui todo mundo tem que pagar", dispara.

A solução, na opinião de Osmar, é substituir a tubulação, que foi feita com canos de 60cm. Edmundo Oliveira, que é dono de um prédio de quitinetes acha que, primeiro, a prefeitura tem que aterrar a rua, deixando-a nivelada, e somente depois substituir a tubulação. Ele conta que na administração passada foram colocados doze tubos no meio da via, mas não era esse o local. "Não resolveu, se tivessem aterrado a rua e colocado estes tubos no lugar certo o problema estaria resolvido", lamenta.

Contraponto

Procurado pela reportagem, o secretário de Obras e Serviços Urbanos, Jean Alexandre dos Santos, disse que na terça-feira (12), ocorreu uma reunião com moradores do Bela Vista. "A prefeitura comunicou que, daqui há 60 dias vai iniciar uma série de obras de drenagem nas ruas do bairro e a Maceió será contemplada, assim com o Clara Schmitt e a Amazonas. Esse foi o compromisso que a administração assumiu com os moradores", finaliza Jean.


LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |