| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
RIQUEZA NATURAL

Lei protege mananciais de água no Bateias

Desde 2000, a ETA IV, do Samae, está dentro de Área de Proteção Ambiental


O Bico Bateias é uma enorme região, com rica diversidade de vegetais e vegetais, que está protegida por lei / Foto: Divulgação/

É no bairro Bateias que está localizada a primeira e até hoje a única Área de Proteção Ambiental (APA) de Gaspar. O decreto publicado no ano de 2000 criou oficialmente a unidade de conservação, garantindo o abastecimento de água não só na localidade, mas também no bairro Barracão, Óleo Grande e Arraial dos Claudinos. Isso porque a lei protege os mananciais de água, vegetais, animais e geológicos de uma área de 235,8 hectares entre a Rodovia Ivo Silveira e o conhecido Bico do Bateias.

Ou seja, protege especialmente a bacia hidrográfica dos ribeirões que formam o ribeirão Bateias, que constituem o manancial hídrico da Estação de Tratamento de Água (ETA) IV do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Gaspar. A decisão de preservar a área foi, inclusive, da própria autarquia, já que a ETA capta as águas das quatro nascentes para abastecer quase 1.500 residências. Sem a APA, provavelmente a região estaria enfrentando sérios problemas com o desabastecimento.

A unidade de conservação abrange três propriedades. Uma delas dos herdeiros de Joanin Zuchi. As outras duas são da Metalúrgica Tupi e da Bauhinvest Plantações, ambas empresas de Joinville. É importante esclarecer que a APA não transfere a titularidade de posse do imóvel para o município, mas impede o proprietário de modificar, construir, edificar ou instalar equipamento de lazer sem a autorização dos órgãos ambientais. É proibida a extração mineral, supressão da cobertura vegetal, caça, dragagem dos ribeirões e escavações.Já o reflorestamento é permitido desde que previamente autorizado pelo município, assim como a atividade agrícola.

A ETA IV  

A ETA IV, localizada na rua Carlos Zuchi Neto, começou a ser construída em 1992, sendo inaugurada no ano seguinte. O tratamento da água era feito por meio do sistema de filtros lentos, onde se realiza apenas o processo de captação, mera filtragem e cloração. A estão foi projetada inicialmente para atender 700 famílias e ter uma reserva de 80 metros cúbicos de água.

No ano de 2006, a estação foi reformada e batizada de "Estação de Tratamento de Água Arcedes Zucchi" - uma homenagem ao antigo morador e comerciante do bairro. O sistema de tratamento mudou, passando a ser executado no método de uma estação convencional. O processo envolve a captação da água, floculação, decantação, filtragem, cloração e fluoretação. O reservatório também foi ampliado para 400 metros cúbicos. Hoje a vazão de tratamento é de 15 L/s. Dados de agosto do ano passado mostram que a ETA IV conta com 1.356 ligações residenciais e 1.609 economias residenciais nos bairros Bateias e Barracão e localidades Óleo Grande e Arraial dos Claudinos.


APA OU RPPN?   

As Unidades de Conservação são partes de áreas do território nacional, incluindo as águas territoriais, com características naturais de relevante valor, de domínio público ou privado, legalmente instituídas pelo poder público.

Existem dois tipos. A Área de Proteção Ambiental (APA), criada quando existe a necessidade de preservar as condições naturais que estão degradadas ou com riscos de danos ao seu ecossistema. Nela, é permitida a ocupação da área protegida, respeitando-se os princípios de conservação. 

O Outro tipo é a Rserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), criada pela vontade do proprietário, ou seja, sem desapropriação. No momento que cria a RPPN, o dono assume compromisso com a conservação da natureza. 


LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |