| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
SOLIDARIEDADE

Jovem Micael precisa de ajuda

Adolescente nasceu com problemas de saúde e agora precisa adaptar a casa onde vive


Cadeira de Micael quase não passa pela porta da casa, por isso a necessidade das mudanças / Foto: Kássia Dalmagro - Jornal Metas /

Uma rotina de cuidados intensos e diários. Assim tem sido o dia a dia de Sandra Aparecida Amaro Diniz, mãe de Micael Diniz, desde o nascimento do filho, há 14 anos. O adolescente tem mielomeningocele, hidrocefalia, osteopenia óssea e imaturidade global do desenvolvimento. Ou seja, Micael precisa de acompanhamento 24 horas por dia, já que possui paralisia total das pernas, insensibilidade do quadril para baixo, perda de controle e problemas intestinais e da bexiga, entre outras limitações. Desde o nascimento, já foram mais de 27 cirurgias e procedimentos. A família, que reside no bairro Santa Terezinha, em Gaspar, não mede esforços para tentar proporcionar mais conforto ao adolescente. E, agora, precisa também da colaboração da comunidade. Isso porque Micael cresceu e algumas adaptações em sua residência se fazem necessárias, bem como a aquisição de alguns materiais. Porém, a renda da família hoje não é suficiente para custear a reforma. Como precisa cuidar do filho, Sandra não trabalha, então a fonte de renda da família vem do trabalho do pai, o pedreiro Valdir Alvez Diniz, além de um salário mínimo que a mãe recebe do governo.

Sandra explica que como Micael cresceu ele teve que trocar a cadeira de rodas - que é maior que a antiga e quase não passa pelas portas da casa. Para dar banho no filho, a mãe enfrenta uma árdua batalha. Ela precisa colocá-lo na antiga cadeira - a nova não entra no banheiro - e para secá-lo ela coloca Micael em uma espécie de tábua improvisada. Por isso, a mãe sonha com uma maca de banho. "Faço tudo sozinha e Micael já pesa mais de 70 quilos. A maca de banho iria ajudar bastante", explica Sandra. Uma cama hospitalar também seria bem-vinda, já que Micael dorme em uma cama de madeira que foi adaptada pelo próprio pai. Na última cirurgia realizada, no ano passado, Micael precisou colocar muitos pinos na coluna e agora sente muita dor. Além disso, a mãe precisa passar a sonda a cada três horas para a urina e duas para a eliminação das fezes.

Adaptações 

Já as modificações na casa inclui transformar a cozinha no quarto de Micael, aumentar o banheiro e trocas os tacos de madeira por piso cerâmico. O projeto será feito voluntariamente por um arquiteto e um engenheiro, mas a família precisa de ajuda para adquirir os materiais. A mãe conta que os gastos com Micael são altos e que toda a ajuda recebida será importante. Nas despesas mensais, estão incluídas as fraldas - Micael usa até cinco delas por dia - e a gasolina utilizada para levar o adolescente à escola e aos atendimentos médicos semanais, como fisioterapia em Gaspar e Blumenau, e para as atividades no contra turno escolar. Pelo menos uma vez por mês Micael também precisa ir até Florianópolis. O carro da família também precisa ser adaptado as suas necessidades. "Logo teremos que mexer no carro novamente, pois Micael já está quase batendo a cabeça no teto. Esta adaptação custa mais de R$20 mil", revela a mãe.

Toda dedicação e esforço de Sandra para ajudar o filho chamaram a atenção e sensibilizaram a professora auxiliar, Aurea Brisotto, e da professora da educação especial, Adriana de Souza Anastácio. Com o apoio da direção da Escola Zenaide Schmitt Costa, onde Micael estuda há quatro anos, elas decidiram se mobilizar para ajudar a família e lançaram uma ação entre amigos. Cada bilhete custa R$1,00 e pode ser adquirido na direção da escola. "Somos testemunhas da luta diária desta mãe, por isso decidimos ajudar". Micael está no nono ano e, segundo as professoras, ele é alfabetizado e consegue ler e escrever pequenos textos. Um dos passatempos preferidos do adolescente é jogar videogame. O adoescente sonha em ser médico e no ano que vem a meta de Micael é estudar no Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). Quem quiser ajudar a família pode entrar em contato pelo telefone (47) 99125 0457 ou contribuir com por meio de depósito ou transferência. 

Como ajudar

Conta: 358 433 - 0

Agência: 0101

Banco: 085

Titular: Sandra A A Diniz

CPF: 485.718.579-20

Contato: (47) 99152 0457. 


LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |