| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
AVANÇO

Dexametasona pode ser o primeiro medicamento eficaz em pacientes com COVID-19 em ventilação mecânica

Sociedade Brasileiro de Infectologia comemorou os resultados dos testes feitos no Reino Unido


FOTO Pixabay

A dexametasona, um corticoide eficaz no combate a alergias graves, artrite reumatoide e outros problemas, pode ser o primeiro medicamento comprovadamente eficaz no tratamento farmacológico para COVID-19. Os estudos e testes, realizados pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, foram tão positivos que a Sociedade Brasileira de Infectologia emitiu, nesta terça-feira (16), um comunicado, assinado pelo seu presidente, Clóvis Arns Cunha, comemorando os resultados preliminares do uso da dexametasona contra a doença. 

A SBI afirma tratar-se de um "Dia histórico no tratamento da Covid-19" e acrescenta: A entidade afirma ainda que o medicamento é o primeiro a conseguir reduzir a mortalidade do coronavírus. "Conclusão prática: todo paciente com Covid-19 em ventilação mecânica e os que necessitam de oxigênio fora da UTI devem receber dexametasona [?] por dez dias".

O estudo da Universidade de Oxford comparou pacientes que receberam dexametasona por via oral ou endovenosa, uma vez por dia, ao longo de 10 dias, com aqueles do grupo controle.  Em 28 dias, 33,3% dos pacientes em ventilação mecânica sobreviveram à COVID-19, ou seja, a cada oito pacientes um poderá sobreviver submetendo-se ao tratamento com dexametasona Já os pacientes que precisavam ser entubados, mas não estavam recebendo o oxigênio, a redução da mortalidade foi de 20%. Não houve diferença naqueles que não precisavam de oxigênio artificial. "Como temos insistido desde o início da pandemia de COVID-19, os estudos clínicos Randomizados e com grupo de controle é que devem nortear nossa conduta de 'como tratar COVID-19'", diz um trecho do documento da SBI  

Com base nos resultados preliminares de Oxford, o ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, anunciou nesta terça (16) que o Reino Unido começará a administrar imediatamente dexametasona em pacientes com a Covid-19. "Estamos trabalhando com o Serviço Nacional de Saúde para que o tratamento padrão contra a Covid-19 inclua a dexametasona a partir desta tarde", revelou. De acordo com informações, o governo britânico já teria estocado mais de 200 mil doses do medicamento.



LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |