| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
BALANÇO

Polícias rodoviárias flagram 180 motoristas dirgindo sob efeito de álcool nas rodovias

O balanço é do fim de semana, que teve ainda 49 acidentes somente nas estradas estaduais

Alexandre Melo


FOTO DIVULGAÇÃO PMRv

Os casos de embriaguez ao volante continuam sendo registrados em grande número em Santa Catarina. Neste final de semana, a Polícia Rodoviária Federal flagrou 62 motoristas dirigindo sob efeito de álcool nas rodovias federais do Estado. A fiscalização fez parte da Operação Integrada Rodovida, que em conjunto com Polícia Militar, Polícia Militar Rodoviária e Guardas Municipais, visa reduzir os acidentes de trânsito durante a temporada de verão.


FOTO DIVULGAÇÃO PRF

O número de flagrantes é preocupante, uma vez que a maioria das regiões do estado está classificada como risco gravíssimo para a Covid-19, e portanto, a realização de festas e outros eventos públicos continua proibida pelas autoridades. A PRF lembra que o álcool reduz os reflexos e a capacidade de reação do motorista, colocando em risco não só a própria vida, mas também a de outras pessoas que utilizam a rodovia. Todos os condutores foram penalizados com multa gravíssima no valor de R$ 2.934,70, receberam 7 pontos na carteira e vão responder a processo de suspensão da CNH.

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv), por meio do Comando de Policiamento Militar Rodoviário (CPMR), flagrou, em dois dias (8 e 9), 118 motoristas embriagados. Todos receberam a multa pecuniária e poderão ter a CNH suspensa por 12 meses,além do veículo retido. Se houver reincidência, o valor da multa dobra, caso a infração ocorra em um período de até 12 meses após a primeira infração .

O objetivo da Operação Lei Seca, de acordo com a PMRv, é fiscalizar as rodovias estaduais e coibir condução por motoristas embriagados. Neste fim de semana, foram realizadas 154 barreiras de trânsito, com 338 policiais militares rodoviários atuando. No total, foram 3.161 veículos fiscalizados. Em Florianópolis, as barreiras são realizadas com apoio do 21º BPM e do 4º BPM. Duas armas de fogo também foram apreendidas durante a operação.

No período, foram registrados 49 acidentes, sendo 28 com vítimas e 21 sem vítimas, com 78 veículos envolvidos em rodovias catarinenses. Uma pessoa veio a óbito.

Imagens


LEIA TAMBÉM