| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
ESTELIONATO

Mulher se passava pelo vice-prefeito de Gaspar para aplicar golpes

Ela foi presa no bairro Margem Esquerda, na tarde desta segunda-feira (1º)

Alexandre Melo


Vice-prefeito fez um B.O quando soube do golpe que envolvia seu nome / FOTO ARQUIVO PESSOAL

ATUALIZADA ÁS 9H45MIN

O vice-prefeito de Gaspar, Marcelo de Souza Brick, foi surpreendido na tarde desta segunda-feira (1º) com a prisão de uma mulher, de 44 anos, suspeita de aplicanr golpes na praça usando o seu nome. De acordo com a polícia, ela foi detida pelo crime de estelionato em sua residência, no bairro Margem Esquerda. Ainda segundo a polícia, a mulher, cujo nome não foi revelado, identificava suas vítimas pela necessidade delas de assessoria jurídica. Com um número falso, ela se apresentava em nome do vice-prefeito, Marcelo Brick, que é advogado por profissão, e fazia as negociações. Ela prometia atuar em processo e liberar presos.

As cobranças pelo trabalho eram, na maioria, em dinheiro, mas a suspeita também aceitava pagamentos em produtos ou serviços, como material de construção e serviços de beleza e estética. A estelionatária também falsificava documentos judiciais para obter a confiança das vítimas. Depois de receber o pagamento, a mulher bloqueava a pessoa no celular e desaparecia. O vice-prefeito ficou sabendo do golpes pelas próprias vítimas e fez um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia de Gaspar, quando informou que não autorizou ninguém a atuar em seu nome. Na casa da mulher, a polícia localizou um aparelho celular que vinha sendo usado para aplicar este e outros golpes. A mulher foi conduzida ao Presídio Feminino de Itajaí, onde vai aguardar decisão da justiça. De acordo com o delgado de Polícia da Comarca de Gaspar, Bruno Fernando, a mulher tem passagem pela polícia por denúncia caluniosa. A reportagem tentou conversar com o vice-prefeito, porém, ele se encontrava em reunião de trabalho nesta manhã.


LEIA TAMBÉM