| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
SAÚDE PÚBLICA

Hospital de Gaspar prioriza atendimentos de urgência e emergência

Pessoas com sintomas de COVID-19 e outras doenças devem procurar as unidades de saúde ou o centro de triagem

Alexandre Melo


Hospital é para casos de emergência e urgência / FOTO ARQUIVO JORNAL METAS/

Com o aumento exponencial do número de infectados pela Covid-19 em Gaspar nas últimas semanas, o Hospital de Gaspar emitiu comunicado reforçando que o atendimento segue sendo prioritariamente casos de urgência e emergência (quadros graves) no seu Pronto Atendimento. Isto significa que os pacientes com sintomas leves da Covid-19, bem como de outras patologias que não são consideradas urgentes, não devem se dirigir à unidade hospitalar. No caso de problemas respiratórios, a prefeitura estruturou o centro de triagem, no Ginásio João dos Santos, assim como os postos de saúde que seguem atendendo normalmente.

A direção do hospital também informou que 100% dos leitos de UTI e leitos clínicos estão direcionados ao atendimento de pacientes infectados pelo novo coronavírus, e que segue trabalhando no limite da capacidade de sua equipe profissional. "Nossos profissionais estão focados na luta contra o Covid-19 e em salvar vidas. Por isso, é tão importante o apoio da população neste momento, seguindo as orientações dos órgãos de saúde e procurando atendimento no local mais adequado", reforça Claudio Marmentini, diretor administrativo do hospital.

Além do concentrar o esforço técnico da equipe na guerra contra o Covid-19, a priorização de casos de urgência e emergência também é uma forma de preservar a saúde da população que não teve contato com o vírus. "Se a pessoa se desloca até o nosso pronto socorro com um quadro leve, ela pode acabar infectada pelo Covid-19, gerando um risco muito maior para a vida dela. Hospitais são locais de grande contaminação de Covid-19 por razões óbvias, não a toa, parte da nossa equipe médica e de enfermagem teve que se afastar por suspeita ou após contrair o Covid-19", explica Marmentini.

Nas últimas semanas notou-se um aumento considerável no número de pacientes com sintomas de Covid 19. Este aumento é sentido principalmente no Pronto Atendimento. "Os gasparenses precisam entender que nós, profissionais da saúde do Hospital de Gaspar, estamos nos doando totalmente nesta luta, mas não podemos enfrentar essa batalha sozinhos. Contamos com a colaboração de todos, para juntos, conseguir superar esse momento difícil com o maior número de vidas salvas possíveis", conclui Claudio Marmentini.

Cirurgias eletivas canceladas

Desde que o número de casos de Covid-19 começou a subir, o Hospital de Gaspar cancelou todas as cirurgias eletivas, realizando apenas aquelas que são necessárias para preservar a saúde dos pacientes. O setor de maternidade também continua funcionando com uma equipe que trabalha dedicada e isolada para essa função, sem contato com os setores de Covid-19. Todas as medidas tomadas até o momento seguem as orientações dos órgãos de saúde e do Ministério da Saúde.

Imagens


LEIA TAMBÉM