| ASSINE | ANUNCIE

720x90.gif

SAÚDE

Atendimento no hospital de Gaspar gera polêmica

09 Fevereiro 2018 15:37:00

Paciente postou vídeo criticando o procedimento médico, mas depois se retratou

Foto: Reprodução Facebook/página pessoal
No dia seguinte ao vídeo, a paciente se retratou na mídia social

Um vídeo sobre um suposto mal atendimento do Hospital Nossa Senhora Perpétuo Socorro, postado na mídia social Facebook nesta semana, provocou grande repercussão em Gaspar. No final da tarde de quinta-feira (8), Márcia Ramos, 25 anos, autora do vídeo e da postagem se retratou na própria rede social. "Após grande repercussão da postagem sobre a retirada do abescesso que fiz no hospital de Gaspar, venho dizer que o procedimento foi normal. Devido o abscesso conter pus dentro, a ferida não deve ser fechada, para que o líquido, contendo bactérias, saia. Peço desculpa pelo desentendido", escreveu.

O pedido de desculpas, porém, não apagou a má imagem da instituição junto aos internautas, bem como os mais de mil compartilhamentos do vídeo e as dezenas de comentários contra o único hospital do município. A postagem de retratação teve apenas um compartilhamento e pouco mais de 20 curtidas até às 15 horas de de sexta-feira (9). No vídeo, de 20 segundos, Márcia aparece no hospital e filma o seu ferimento. Ela diz: "estou com um buraco desse tamanho na perna, sem curativo, sem nada e sem comer". Ela ainda afirma no vídeo que está registrando a situação para depois não falarem que está mentindo.

O Jornal Metas entrou em contato com Márcia, via Facebook, que disse que voltaria a falar com a redação, mas até o fechamento da edição, ela não retornou.

Procedimento normal

Em nota, o diretor técnico do hospital de Gaspar, médico Ricardo Alexandre Freitas, afirma que o procedimento citado pela paciente no vídeo visava a drenagem de abscesso e que o mesmo foi realizado com sucesso, transcorrendo dentro do protocolo esperado e com boa evolução clínica.

No documento, o diretor também explica porque o ferimento estava aberto. "O fato do ferimento cirúrgico encontrar-se aberto, era devido a drenagem de secreção purulenta ainda estar acontecendo". A nota finaliza afirmando que "todo o esforço da equipe do hospital foi no intuito do bem-estar e resolução da patologia vigente da paciente".

LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620