| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
COVID-19

Prefeitura proíbe uso das áreas públicas de lazer e esportes

Intenção é garantir a segurança da comunidade e evitar a proliferação do vírus


Espaços públicos, como a academia ao ar livre no Joaõ dos Santos, estão isolados com fitas / Foto: Kássia Dalmagro - Jornal Metas/

Desde quarta-feira (20), não é mais possível frequentar os espaços públicos destinados ao esporte e lazer em Gaspar. A portaria suspendendo a utilização destes lugares foi lançada pela prefeitura, juntamente com a Fundação Municipal de Esportes e Lazer (FMEL) devido ao crescente números de casos da COVID-19 em diversas regiões do Estado. O objetivo, segundo a FMEL, é garantir a saúde de toda a comunidade e diminuir o risco de contágio e a proliferação do novo coronavírus para que as atividades possam voltar com segurança o mais breve possível.

Na lista dos espaços referenciados na portaria estão as academias ao ar livre, áreas de lazer, parquinhos infantis, o Centro Integrado João dos Santos, o Complexo Esportivo da Vila Isabel, o Ginásio de Esportes Wilmar Suly Pereira e os demais espaços esportivos públicos. Para garantir o cumprimento da portaria, diversas ações foram aplicadas pelo município, como a implementação de placas informativas e o isolamento físico de áreas de lazer e de academias ao ar livre. A portaria permanecerá em vigor no município por tempo indeterminado. No dia 11 de maio, o Governo do Estado de Santa Catarina, juntamente com a Fesporte (Fundação Catarinense de Esportes) publicou uma portaria em que liberava a volta dos treinamentos esportivos profissionais, porém, com várias restrições. "A equipe técnica da FMEL analisou esta portaria e concluiu que para as modalidades que temos no município, não seria viável a volta das atividades de treinamento, nem para a instituição e nem para os atletas e treinadores", ressalta o presidente da fundação, Roni Muller.

Preservar vidas 

A portaria municipal lançada na quarta-feira tem como objetivo preservar a saúde da comunidade, tomando como exemplo casos de outros municípios. "Sabemos que o papel da FMEL é incentivar e dar condições para a prática esportiva e o lazer na cidade, mas neste momento nossa maior preocupação é a saúde e as vidas. Fizemos uma análise e chegamos a conclusão que a melhor solução seria a restrição desses espaços no momento", justifica Roni. Até a manhã de sexta-feira (22), 38 pessoas haviam testado positivo para a COVID-19 em Gaspar. Destes, 22 já estão recuperados, 14 pessoas seguem em isolamento domiciliar e uma segue internada. Até agora, a cidade registrou um óbito devido à doença. 


LEIA TAMBÉM



JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |