| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
DANÇA DOS TÉCNICOS

Flamengo começa a semana sem técnico

Inter-RS também deve anunciar a saída de Eduardo coudet

Alexandre Melo


Domènec foi demitido depois de duas goleadas / DIVULGAÇÃO

A semana do futebol começa com a dança dos técnicos. O Flamengo, que ocupa a terceira posição do Campeonato Brasileiro - Série A - e está classificado para as oitavas de final da Libertadores e quartas de final da Copa do Brasil, anunciou a demissão do técnico catalão Doménec Torrent. Ele não resistiu a duas goleadas seguidas na competição. No final da manhã desta segunda-feira, dia 9, a diretoria do Rubro-Negro anunciou a demissão de Doménec. A diretoria fez um acerto para pagar a rescisão do contrato no valor de 2 milhões de euros, ou cerca de 12,5 milhões de reais. O Flamengo já corre atrás de outro técnico, já que o clube tem no meio desta semana o primeiro confronto pelas quartas de final da Copa do Brasil. O adversário é justamente o São Paulo, que há oito dias goleou o Flamengo no mesmo estádio.

Mas a dança dos técnicos não para por aí. O líder da Série A corre sério risco de perder o seu técnico. O argentino Eduardo Coudet, treinador do Internacional, está praticamente de malas prontas para ir treinar o espanhol Celta, da cidade de Vigo, na Espanha. Aliás, de acordo com a imprensa do Rio Grande do Sul, o técnico colorado já vem negociando com o clube espanhol há cerca de um mês. A saída de Coudet não é apenas por uma proposta financeira. O técnico estaria encontrando resistências dentro do clube em função das cobranças públicas (via imprensa) que vem fazendo da diretoria. Coudet não esconde que aceitou treinar o Internacional em função do compromisso assumido dos dirigentes em lhe dar jogadores de qualidade, o que não aconteceu em função da pandemia do coronavírus que derrubou a receita do clube. 


Coudet está muito próximo de deixar o Internaciona / FOTO DIVULGAÇÃO

O Internacional, a exemplo de outros grandes clubes brasileiros, precisou se readaptar à nova realidade. Coudet até aceitou o argumento da pandemia, porém, tem reiteradas vezes reclamado da qualidade e quantidade de jogadores que tem à disposição diante dos maus resultados, como a derrota para o Goiás, com um jogador a menos, e a recente derrota para o Corinthians. Os sucessivos insucesso diante do seu tradicional rival, o Grêmio, também abalou a confiança da diretoria no trabalho do técnico. Coudet perdeu ainda importantes jogadores ao longo da competição, como o centroavante Paolo Guerrero; o lateral-direito Saraiva e, mas recentemente, Gabriel Boschilia. Além disso, insistiu em trazer jogadores de qualidade duvidosa, como o meio-campo Musto e os atacantes Abel Hernandez e Leandro Fernandez. Na rodada do último final de semana, o técnico colorado foi novamente cobrado depois do empate, em casa, em 2 a 2 com o Coritiba que até então ocupava a zona de rebaixamento. Mesmo com o empate, o Internacional se manteve na liderança, mas deve ficar sem o técnico na véspera do primeiro jogo da Copa do Brasil contra o América-MG, no Beira-Rio. As especulações em torno do substituto do argentino já começaram e na bolsa de apostas o mais cotado é um velho conhecido da torcida colorada: Abel Braga, comandante do time que viveu a fase de maiores conquistas do clube, incluindo a Libertadores da América e o Mundial Interclubes, em 2006. Se Abel for confirmado, essa será a sua sétima passagem pelo Internacional.


LEIA TAMBÉM



JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |