| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
ESTIAGEM

Perdas em lavouras de milho chegam a 19%

Cultura é a mais afetada porque parte das lavouras ainda está em fase de plantio

Segundo relatório da Epagri, as perdas na produção de milho por conta da estiagem chegam a 4,1% em Santa Catarina. Com isso, a estimativa de produção da primeira safra de milho em Santa Catarina deve cair de 2,78 milhões de toneladas para 2,67 milhões de toneladas. Em algumas regiões, como o Meio-Oeste, esta projeção é ainda pior, com as estimativas de perdas na produção chegando a 19%.

O milho é a cultura mais afetada pela seca porque parte das lavouras ainda está em fase de plantio, que também tem sido atrasado devido à falta de chuvas. De acordo com o relatório, na quarta semana de outubro, 73% da 1ª safra deste ano estava plantada. No mesmo período de 2019 esse índice estava em 83%. Em outras culturas como arroz e fumo, onde o plantio está mais avançado, as perdas não chegam a 2%.

Pecuária 

A estiagem também está afetando a pecuária catarinense. Atualmente 2 mil famílias estão recebendo abastecimento complementar de água nas propriedades para produção animal. Com a falta de abastecimento, os rebanhos perdem peso, diminuem a produção de leite, e em situações extremas, há risco de morte para os animais. Para os próximos dias, a governadora Daniela Reinehr espera fechar uma ajuda financeira do governo federal, para combater os danos da estiagem.



LEIA TAMBÉM



JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |