| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
FATURAS

Celesc irá verificar contas de energia elétrica

11 Fevereiro 2019 15:57:00

Cobrança de 1,2 mil clientes serão aferidas pela Central



Em até dois meses, a Celesc terá que verificar a cobrança de 1,2 mil clientes em Santa Catarina. A medida foi decidida após reunião entre representantes da Central, Ministério Público e Procon, realizada na quinta-feira (7), em Florianópolis. Para isso, a empresa irá uma força-tarefa e iniciar a aferição pelos estabelecimentos que registraram maior discrepância no valor cobrado e também por aqueles de população de baixa renda. No Estado, foram mais de 2 mil reclamações, entre Procon e atendimento da Celesc. "Está sendo tramitado o inquérito civil e nós estamos tentando apurar se houve alguma prática irregular ou não por parte da empresa. Até agora nós não temos nenhum elemento concreto e esse inquérito é exatamente para angariar provas e verificar se há algum tipo de equívoco", destacou o promotor Marcelo Brito de Araújo que conduziu o encontro. Em caso de erro de cobrança comprovado, a Celesc comprometeu-se a refaturar. Caso a inspeção comprovar que as faturas não apresentam erros, o consumidor será notificado e poderá parcelar o pagamento.

Na oportunidade, os dirigentes da Celesc fizeram uma apresentação para justificar os aumentos nas faturas de energia e, novamente, os dirigentes voltaram a afirmar que o aumento está relacionado com o alto consumo registrado durante o verão. Eles ainda afirmaram que as tarifas da Celesc não são ajustadas desde agosto, o que significa que o valor do kWh é o mesmo desde então.

"A Celesc considera muito positiva essa aproximação que o MP propiciou entre Procon, a sociedade e a distribuidora. É uma chance que nós temos de apresentar de forma transparente, didática e bastante clara a maneira que é feita a cobrança na fatura de energia", disse o diretor da Companhia, Pablo Cupani.

Demanda

Dados preliminares de medição coletados entre os dias 1º e 31 de janeiro indicaram um aumento de 6,5% no consumo de energia elétrica no país, quando comparados ao mesmo período de 2018. As informações são do boletim InfoMercado Semanal Dinâmico, da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). A alta temperatura registrada em janeiro foi o principal motivo para o crescimento do consumo de energia no Sistema Interligado Nacional, que alcançou 67.705 MW médios. Isso significou 4.116 MW med acima dos 63.589 MW med consumidos ao longo de janeiro de 2018, quando as temperaturas foram mais amenas.



LEIA TAMBÉM



JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |